Durante os quatro dias do certame têm lugar os concursos pecuários da Raça Barrosã, da Raça Minhota, da Raça Arouquesa e da Holstein Frísia. A Associação de Criadores da Raça Holstein Frísia marca presença anualmente na feira, representando a raça, cujo sucesso global reside na sua grande aptidão leiteira.

Também a Associação Portuguesa de Criadores de Bovinos de Raça Minhota participa na Feira para promover o concurso da raça, oriunda do Minho, mais concretamente do distrito de Viana do Castelo. Por sua vez, os laços vermelhos e os grandes chifres atraem pequenos e graúdos para o Concurso da Raça Barrosã, representada pela Associação de Criadores da Raça Barrosã. Esta raça, caracterizada por animais de grande porte, mas muito dóceis, é característica desde os concelhos do extremo noroeste do distrito de Vila Real aos sub montanhosos de Braga e Viana do Castelo.

Bastante semelhante à raça espanhola chamada “Asturiana dos Vales”, a raça Arouquesa tem uma tripla função, pois serve para a produção de carne e leite e destaca-se pela capacidade de auxiliar o homem nos trabalhos rurais. Na Feira Anual da Trofa é representada pela Associação Nacional de Criadores da Raça Arouquesa.

Mas não só estas raças pisam o palco da Feira Anual da Trofa, onde os cavalos também marcam pontos, em eventos como o Concurso Nacional de Modelo e Andamentos e os jogos de horseball a contar para o Campeonato Nacional da modalidade. Os espectáculos equestres atraem todos os anos milhares de pessoas à Trofa, que vêm assistir às tradicionais coudelarias, ao horse paper, jogos tradicionais a cavalo, entre outros.

 Mais pequenos também participam

 O fomento pela prática agro-pecuária junto das crianças continua a fazer parte integrante do programa da Feira Anual da Trofa, evento considerado como um dos responsáveis pela projecção do concelho a nível nacional. Na edição deste ano, o dia 6 de Março é o dedicado às escolas do concelho da Trofa, que conta com o apoio da autarquia trofense.

A iniciativa leva todas as crianças dos jardins-de-infância e primeiro ciclo ao recinto da Feira e Mercado da Trofa para que estas contactem com a realidade rural, com a maquinaria utilizada na actividade agrícola e com os animais, os que despertam maior curiosidade por parte dos mais pequenos.