Vila Nova de Famalicão vai estrear quatro novos centros escolares no ano letivo que começa em setembro. Cerca de 1200 crianças do 1º ciclo e do ensino pré-primário vão aprender nos novos centros de Joane, Ribeirão, Luís de Camões (futura designação da escola sede nº 2, na cidade) e Telhado. Estes equipamentos fazem parte de um plano de modernização do parque escolar do concelho famalicense.

Integrado neste plano estão ainda os centros escolares do Louro e Antas, que devem estar concluídos em 2012.

As salas de aula estão equipadas com materiais didáticos, e os centros munidos de biblioteca, ciberteca, área de música, teatro, laboratórios e outros espaços multifuncionais.

Quinze milhões de euros é o investimento total da construção destes centros, e mereceu o regozijo de Armindo Costa, presidente da Câmara Municipal de Famalicão.

O autarca considera que os novos espaços têm “condições de excelência”, defendendo que “para uma educação de qualidade, é preciso bons professores, mas também boas escolas”.

“Está tudo pronto para receber as crianças, já em setembro. Será uma mudança tranquila e que trará maior qualidade de vida às crianças, encarregados de educação e professores”, afirmou Armindo Costa.

{fcomment}