O trofense Fábio Costa conquistou a camisola branca da Volta a Albergaria, terceira prova pontuável a Taça de Portugal de ciclismo, que se realizou no dia 30 de maio. O corredor da Efapel conquistou o 12.º lugar da classificação geral e conseguiu ser o melhor jovem da corrida, com 03:48:49 horas, a mais de quatro minutos do 2.º classificado, Pedro Pinto (Tavfer – Measindot – Mortágua) e a mais de sete de João Medeiros (L. A. Alumínios / L. A. Sport).
Na mesma classificação, destaque ainda para o 7.º lugar de Diogo Almeida, da equipa trofense Porminho Team sub-23. A ACDC Trofa/WPROTEK viu Renan Quadri como melhor corredor jovem, ao alcançar o 18.º lugar.
Na classificação final da Taça de Portugal para equipas UCI, Fábio Costa, que não pontuou nas duas primeiras provas da competição, classificou-se no 28.º lugar, com os 15 pontos conquistados em Albergaria-a-Velha.
Luís Gomes (Kelly/Simoldes/UDO) foi o vencedor da Taça de Portugal. O pódio de Albergaria compôs-se com António Carvalho (Efapel) e Gonçalo Carvalho (Rádio Popular-Boavista), segundo e terceiro, respetivamente.
No ranking das equipas de clubes, a Porminho Team sub23 teve Diogo Almeida e Tiago Sousa como atletas mais pontuados (11.º e 13.º lugares), enquanto a ACDC Trofa/WPROTEK teve como melhor representante Fábio Oliveira (14.º lugar).
No dia anterior, 29 de maio, Fábio Costa conseguiu o 8.º lugar da prova Memorial Bruno Neves, realizada em Oliveira de Azeméis, classificando-se também em 2.º lugar na juventude e em 4.º na montanha.
Diogo Almeida, da Porminho Team Sub23, foi 45.º classificado (e 4.º na juventude por equipas de clube) e Renan Quadri, da ACDC Trofa/WPROTEK, 63.º.

Desde esta quinta-feira que Fábio Costa está a competir, em representação da seleção nacional, na Corrida da Paz, na República Checa. O trofense começou com um 47.º lugar no prólogo (segundo melhor português) e esta sexta-feira arrancava para a primeira etapa entre Jeseník e Rýmařov, num percurso de 131 quilómetros e com chegada propícia a sprinters.