Nicolau-Silva-1

Nicolau Silva é o candidato pelo CDS-PP a Covelas

 

O Notícias da Trofa: O que o leva a candidatar-se à Assembleia de Freguesia?

Nicolau Silva (NS): É após uma profunda reflexão que volto a candidatar-me a Junta de Freguesia de Covelas. Só acontece porque sinto que posso ser útil para tornar a nossa terra num local muito melhor, também porque acho que a actual Junta não tem estado à altura do importante cargo que desempenha e a oposição socialista não tem estado à altura do voto de confiança que os covelenses lhes deram e preocuparam-se apenas com medir forças com o actual presidente, ficando aquém do esperado duma oposição necessária para a nossa terra, claro que tenho comigo também uma equipa de gente de trabalho, convicta e disponível para colocar Covelas no século XXI, abdicando do seu tempo livre, por vezes com o sacrifício da sua família.

NT: Quais são os projectos que vai apresentar para o mandato?

NS: Dentro em breve vai ser apresentado o meu manifesto eleitoral, com todos os projectos que eu e a minha equipa achamos necessários para a nossa terra, projectos que esperamos cumprir em poucos anos, pois são muito importantes para o crescimento da terra. Alargar a rede de abastecimento público de água e colocação urgente de saneamento básico, promover a limpeza das linhas de água, dotar a freguesia de um espaço com parque infantil, melhorar a sinalética vertical e horizontal, oferta de manuais escolares para o 1º ciclo e propomos a criação de um site, onde constem serviços interactivos, informações úteis, esclarecimentos, divulgação dos documentos históricos, turismo, gastronomia, associações e instituições, agenda de iniciativas recreativas, culturais, desportivas e religiosas, bem como um espaço para a publicidade dos estabelecimentos e anúncios particulares e participação online.

NT: Qual é o projecto/área prioritário(a) caso seja eleito?

NS: Acho que devido à actual conjuntura económica, o aspecto mais importante para a nossa terra, será sem sombra de dúvidas o apoio incondicional às famílias mais carenciadas, devido ao aumento considerável de desemprego. Existem nesta terra famílias a passar por sérios problemas financeiros, apoiar também os reformados, alguns deles com reformas de valor muito baixo que sentem dificuldade por vezes em assegurar os bens essenciais. Como é obvio temos mais projectos para Covelas, mas nesta situação grave em que nos encontramos, penso que a Junta poderia ter aqui um papel muito importante apoiando e ajudando, pondo em primeiro lugar as pessoas e deixando os outros projectos para segundo plano.

NT: Por que é que os eleitores devem votar em si?

NS: Porque acho que eu e a minha equipa podemos marcar a diferença. Aproveito para deixar um apelo: covelenses, não se deixem iludir por este tipo de política, que só consegue realizar algum trabalho na altura das eleições, talvez fosse bom para Covelas, com esta política, termos eleições todos os anos, pois assim a lacuna existente nos quatro anos de mandato era mais tolerável. Ou serão necessários mais 25 anos à frente da Junta para podermos sonhar com a conclusão de mais um projecto? Também muito importante era, de uma vez por todas, acabar com a centralização de Covelas e tratar de igual modo todos os lugares da freguesia. Tenho a certeza que se me derem o vosso apoio, de tudo farei, para com o maior profissionalismo, realizar um excelente trabalho, que ajude por fim Covelas a poder comparar-se pelo menos com algumas freguesias vizinhas, que tanto têm evoluído.

NT: Considera mais fácil governar sendo a Câmara e a Junta do mesmo partido político? Porquê?

NS: Infelizmente tenho que dizer que sim. Temo que a nossa Câmara tenha alguma dificuldade em estabelecer respeito e igualdade para todos, mas para o bem da Trofa espero que este tipo de comportamento seja alterado, para todas as Juntas trabalharem com armas iguais.