A Trofa é um dos concelhos com menos qualidade de vida no País, concluiu um estudo realizado pela Universidade da Beira Interior.

O concelho da Trofa está na lista dos últimos 30 municípios classificados do estudo “Indicador Concelhio de Desenvolvimento Económico e Social de Portugal”, desenvolvido pela Universidade da Beira Interior (UBI). O município trofense surge na 292ª posição, de entre 308, de uma lista elaborada no último trimestre de 2012, mas que resulta da avaliação de 48 indicadores baseados em dados de 2010 do Instituto Nacional de Estatística.

O coordenador do estudo, Pires Manso, afirmou que este é o que possui “o maior número de indicadores” de avaliação em Portugal, como as condições materiais, sociais e económicas. Desses surgem itens como número de estações e postos de correios por mil habitantes, recintos culturais, centros de saúde, farmácias e estabelecimentos de ensino pré-escolar, básico e secundário.

O estudo avalia ainda a taxa de escolarização, natalidade e mortalidade, percentagem de crimes contra o património e pessoas, número de empresas e taxa de emprego, entre outros.

Ranking do estudo

1.º Lisboa
2.º Porto
3.º Albufeira
4.º Funchal
5.º Coimbra
6.º Marvão
7.º Constância
8.º Cascais
9.º Loulé
10.º Oeiras
11.º Vimioso
12.º Vila do Bispo
13.º Portimão
14.º Lagos
15.º Sines
16.º Alter do Chão
17.º Barrancos
18.º Santa Cruz das Flores
19.º Tavira
20.º Faro
96.º Maia
155.º Póvoa de Varzim
171.º Vila Conde
182.º V.N. Famalicão
266.º Santo Tirso
290.º Soure
291.º Moita
292.º Trofa
293.º Cinfães
294.º Paredes
295.º Vila Verde
296.º Marco de Canaveses
297.º Vizela
298.º Penalva do Castelo
299.º Ponte da Barca
300.º Lousada
301.º Vila Franca do Campo
302.º Sátão
303.º Castelo de Paiva
304.º Miranda do Corvo
305.º Baião
306.º Celorico de Basto
307.º Nordeste
308.º Câmara de Lobos

Leia a reportagem completa na edição desta semana d’ O Notícias da Trofa, disponível num  quiosque perto de si ou por PDF.

{fcomment}