Associação de Pais da EB1 Bairros vai promover um Curso de Iniciação ao Mandarim e Cultura Chinesa, que começa no início de Março e está aberto a toda a comunidade.

“Dar mais competências” e “abrir portas para o mercado asiático” são os principais objectivos do Curso de Iniciação ao Mandarim e Cultura Chinesa que a Associação de Pais da Escola Básica de Bairros, em Santiago de Bougado, vai desenvolver no início de Março.

A apresentação do curso decorreu no sábado de manhã e alguns curiosos quiseram saber todos os pormenores que envolvem esta aposta, que estará aberta a toda a comunidade trofense e não só às crianças da escola.

Hélder Falcão, presidente da Associação de Pais do estabelecimento de ensino, explicou todos os moldes em que será feito o curso, que tem a duração de quatro anos, com uma aula semanal.

O curso tem sete módulos e o primeiro objectivo é ensinar a fonética aos participantes, ou seja, ensinar a comunicação oral. Segue-se a comunicação escrita e a compreensão da cultura e mentalidade chinesas através da língua.

A mestra Yanan é a responsável por ministrar o curso que termina com uma viagem de finalistas à China.

Os interessados em frequentar o curso podem inscrever-se na página do facebook da Associação de Pais ou através do email bairros.escola@gmail.com.

Segundo Hélder Falcão, os participantes terão oportunidade de aprender o mandarim “de uma forma internacional”, já que vão trabalhar com uma plataforma online, que para além do Português, vai utilizar a língua inglesa.

O responsável pela Associação de Pais afirmou ainda que o mandarim “obriga a que a pessoa utilize os dois lados do cérebro, o que ajuda nos problemas de dislexia” das crianças.