Depois de garantir a subida de divisão, a equipa feminina sénior de futsal do FC S. Romão quer ser campeã. Última jornada é decisiva.

A equipa feminina do Futebol Clube S. Romão garantiu a subida à 1ª Divisão distrital de futsal. A três jornadas do fim do campeonato, a formação liderada por Sandra Dias cumpriu o objetivo delineado para a temporada. Agora, a meta é sagrar-se campeã da 2ª Divisão, uma vez que, à entrada para última ronda, está a dois pontos da liderança. Mas para isso tem que vencer, fora de portas, a Ordem e esperar que o 3º classificado Santana “roube” pontos ao atual líder Águias de Santa Marta. Os jogos realizam-se às 18 horas de sábado.

Sandra Dias valorizou a conquista da subida pelo facto de o projeto ter começado “do zero”. “Não transitou ninguém do ano anterior. Tentamos criar um grupo de atletas com alguma maturidade e outras jovens, mas com talento. A maior parte delas não me conhecia e um dos principais entraves era a nível tático, porque algumas nunca tinham trabalhado nesse aspeto”, recordou, em declarações ao NT.

A técnica, que tem preferência pelo sistema de jogo 4-0, teve de iniciar um processo de adaptação, em que foi alterando a tática ao longo dos jogos até chegar à forma pretendida. “Em dezembro, houve uma queda, com perda de alguns pontos, que não estavam na minha perspetiva, porque introduzi algumas situações novas na nossa maneira de jogar. Depois da nova adaptação, fizemos uma segunda volta fantástica, em que perdemos o primeiro jogo e temos dez vitórias consecutivas”, frisou a técnica.

Com a aproximação ao 1º lugar, a equipa foi alimentando a esperança de ser campeã e, no sábado, tudo fará para o conseguir. Sandra Dias agradeceu às atletas o empenho demonstrado ao longo da época, “apesar de todas as dificuldades”, ao presidente, “por ter acredito no projeto desde o início” e “a todas as outras pessoas que ajudam neste projeto”.