“A responsabilidade é o que de melhor posso oferecer”

Manter os serviços de atendimento abertos nas duas freguesias, concluir o Lar e Centro de Dia de Alvarelhos e implementar um Programa de Apoio às Famílias são alguns dos projetos de Vítor Rocha, caso seja eleito para a União de Freguesias de Alvarelhos e Guidões. 

O Notícias da Trofa (NT): O que o leva a candidatar-se à Assembleia de Freguesia de Alvarelhos e Guidões?

Vítor Rocha (VR): Sinto orgulho pelo bom relacionamento que tenho com todas as pessoas das freguesias de Alvarelhos e Guidões e por isso entendo que tenho condições para estar à frente dos destinos destas populações, para desenvolver um trabalho sério, quer a nível de estruturas, quer a nível social. Foi de facto a afetividade, a preocupação e as ligações que tenho com toda esta gente que me levaram a esta candidatura. Candidato-me encabeçando uma equipa com experiência, dinamismo, reivindicativa e motivada. Assumirei como sempre o fiz, ao longo da minha vida, uma postura responsável, séria e empenhada. Considero ter capacidade e determinação para assumir uma gestão rigorosa e eficaz das nossas freguesias, essencial nos dias difíceis que vivemos, prosseguindo no caminho do desenvolvimento fazendo com que Alvarelhos e Guidões estejam na linha da frente, comparando sempre com as melhores.

 

NT: Quais são os projetos que vai apresentar para o mandato?

VR: Quando temos objetivos há sempre muito a fazer, há sempre imensos projetos para realizar e a minha ambição é enorme. Se muito foi feito, muito há ainda a fazer. Os projetos estão definidos no nosso manifesto eleitoral, dele posso destacar alguns exemplos: a implementação de um eficaz Programa de Apoio às Famílias, nas áreas da ação social, ambiente, mobilidade, cultura e segurança. Tudo com competência e sustentabilidade. Vamo-nos empenhar na conclusão do Lar e Centro de Dia; no arranjo urbanístico do terreno da Urbanização de Vilar e dos Casais; tornar o largo da Igreja de Alvarelhos apenas pedonal, salvaguardando apenas situações que o justifiquem; divulgar mais o nosso património; apoiar sem impor o associativismo, reforçando a atividade das coletividades desportivas e culturais; tratar e aumentar os espaços verdes; o trânsito, a saúde pública, a educação o desporto e o lazer, são aspetos do quotidiano em que haverá sempre que intervir. Concluir o abastecimento de água e saneamento em todos os lugares.

NT: Qual o projeto/área prioritário(a) caso seja eleito?

VR: Uma área prioritária é manter os serviços de atendimento abertos nas duas freguesias, podendo desta forma estar mais perto das pessoas, para apoiar sobretudo aquelas que mais precisam dos nossos serviços. O nosso empenho vai também no sentido de concluir o Lar e Centro de Dia. Manter as freguesias sempre asseadas e preservar o que hoje lhes confere um valor cheio de futuro: a sua história, a pequena dimensão, a escala humana, a liberdade e o ar puro que se respira.

NT: Considera importante que a câmara e Junta de Freguesias sejam governadas pelo mesmo partido político? Porquê?

VR: Considero muito importante, todos trabalharem com a mesma alma e estou certo que trabalhar com a mesma alma é trabalhar para o desenvolvimento. Quando os partidos na Câmara e na Junta de Freguesia trabalham com sentidos de orientação diferentes, o desenvolvimento pode ser mais moroso. Mas tudo se tem de transformar numa grande equipa passadas as eleições. Estarei pronto para encontrar sempre com responsabilidade as melhores soluções para Alvarelhos e Guidões e de uma forma equilibrada.