O autocarro da EDP, Energie bus esteve estacionado no Parque Nossa Senhora das Dores este fim-de-semana. Energie bus, é uma iniciativa da EDP à qual a autarquia aderiu para mostrar aos trofenses algumas dicas de poupança de energia.

 O Energie bus anda a percorrer Portugal há um ano e este fim-de-semana foi a vez da Trofa e dos trofenses receberem pequenos conselhos que podem fazer a diferença na factura da energia ao final do mês.

"Nós damos pequenos conselhos do dia-a-dia, pequenas dicas que nós muitas vezes não nos lembramos para poupar energia, como por exemplo desligar a televisão e não a deixar ficar em stand by, ou outros conselhos de uma dimensão maior como a colocação de um painel solar para produzir energia para a sua casa", explicou Ana Lopes, uma das monitoras do autocarro da energia.

A consciencialização das pessoas para as boas práticas energéticas e também ambientais é importante e por isso "este projecto já dura há um ano e temos visto que as pessoas estão cada vez mais interessadas e sensibilizadas nestas questões e julgo que o projecto poderá estar a dar algum contributo para a questão da eficiência energética", acrescentou a monitora.

Também consciente da importância da mensagem da eficiência energética e da utilização das energias alternativas está António Pontes, vereador do pelouro do Ambiente da autarquia.

"Eu acho que é cada vez mais importante fazer passar esta mensagem às pessoas, porque tem a ver sobretudo com dois aspectos: o primeiro é a racionalização dos recursos energéticos porque é cada vez mais importante percebermos que a energia é um bem da maior importância e também um bem escasso, para além de ser caro, portanto é fundamental que todos nós nos habituemos a racionalizar energia. O segundo aspecto, tão ou mais importante que o primeiro, é o fomento do uso de energias alternativas que muito se tem falado, e procura-se aqui mostrar que o uso de energias alternativas também são, como o próprio nome indica, a alternativa em termos de futuro no que diz respeito aos consumos energéticos".

Para além desta sensibilização, há também legislação que implica a utilização de energias mais amigas do ambiente, que a Câmara Municipal cumpre. "No que diz respeito ao licenciamento de obras, agora os prédios e as construções em altura têm de apresentar projectos onde sejam utilizadas as energias renováveis e portanto a câmara determina a obrigatoriedade da apresentação dessas soluções, caso contrário não aprovamos o licenciamento da obra. Isto tem muita importância, porque nestas situações tem de haver a sensibilização, mas às vezes não chega, é preciso haver também a obrigação", afirmou.

Segundo Pontes , na Trofa,  já são utilizadas as energias renováveis, principalmente a energia solar, para aquecimento da casa e também para produção eléctrica.

No entanto, esta não é a única alternativa: "Nós temos também algum potencial no que diz respeito à energia eólica, sobretudo no que diz respeito à microgeração de carácter urbano. Não temos locais que sejam muito apropriados para a produção em massa de energia eólica, até porque a câmara já desenvolveu um estudo aqui há uns anos atrás nesse sentido, para saber se teríamos condições para criar um parque eólico, mas o estudo demonstrou que não temos aqui no nosso concelho um local adequado a esse tipo de produção pesada. Mas no caso da microgeração urbana, temos condições para que cada habitação e cada edifício possa ter o seu microgerador eólico e produzir a sua energia", adiantou.

 

Conselhos energéticos

 

Para a utilização racional de energia basta optimizar o seu uso às necessidades de conforto, evitando o desperdício. Mas nem tudo é tão simples, porque para isso é necessária uma mudança dos hábitos diários.

Mas se adoptar atitudes eficientes pode poupar na factura energética, poupar o ambiente e melhorar a qualidade de vida.

 

– Apague as luzes que não são precisas

– Opte por lâmpadas de baixo consumo

– Escolha electrodomésticos energeticamente mais eficientes (classe A)

– Desligue os equipamentos no botão e não apenas no comando.

– Use fontes de energia renováveis, como por exemplo o sol

– Evite abrir o frigorífico a toda a hora

– Coloque as embalagens no ecoponto

– Prefira duches a banhos de imersão, poupando assim, água e energia.

– Defenda as florestas e oceanos, assim pode ter um planeta em equilíbrio

– Ande mais a pé, de bicicleta e de transportes colectivos
{flvremote}http://trofa.otos.tv/videos/energybus.flv{/flvremote}