Quem passou pelos semáforos da Lagoa, na Estrada Nacional 104, junto à Igreja Matriz de Santiago de Bougado, cerca das 16.25 horas de domingo, não ficou indiferente à presença de uma égua caída junto ao cruzamento.
Segundo uma testemunha ocular, que fazia parte dos participantes da caminhada solidária da Odlo, que estavam no local, “o animal saiu da Rua da Corredoura, entrou na Avenida Diogo Mourato (onde se localiza a Igreja) e assustou as pessoas que estavam aí reunidas”.
“Não aconteceu uma tragédia maior por sorte. Ela continuou a correr em direção à Estrada Nacional e junto ao cruzamento assustou-se e bateu com estrondo num poste de iluminação”, contou. O choque provocou-lhe uma lesão grave, cujo hematoma impressionou quem assistiu.
Segundo a mesma testemunha, “o pai do dono da égua estava no local e, de imediato, ligou para o filho e para a veterinária municipal que, chegada ao local verificou que nada havia a fazer ao animal”. A égua acabou por ser abatida através de uma injeção letal.
O dono da égua estava “visivelmente abalado” com o sucedido e “explicou que o animal estava num terreno preso a um ferro por uma corda e ter-se-á assustado com o barulho de propaganda”.