Bernardino-Vasconcelos-1

Fazer com que as Festas em Honra de Nossa Senhora das Dores sejam sempre organizadas pelas pessoas de cada aldeia da freguesia de S. Martinho de Bougado para manter vivo “um hábito antigo” é o anseio de Bernardino Vasconcelos, presidente da autarquia trofense.

Em entrevista exclusiva ao NT/TrofaTv, o edil trofense realçou a “movimentação das pessoas com alegria e entusiasmo e a entrega para que as festas tenham sempre o esplendor que é habitual e que é já reconhecido”.

Considerando a Romaria da Senhora das Dores já “um ex-libris do concelho”, Bernardino Vasconcelos destacou a “dinâmica diferente” que a Comissão de Festas, este ano da responsabilidade da aldeia da Esprela, está a imprimir ao programa. “Está a imprimir algumas novidades como por exemplo o prolongar por mais tempo os momentos de distracção e de lazer”, referiu.

Este ano a Comissão de Festas demarca-se pelos elementos maioritariamente jovens que a integram, facto que também mereceu destaque por parte de Bernardino Vasconcelos. “A adesão da juventude é importante e eu penso que a Esprela deu uma reviravolta nesta matéria e espero que as comissões seguintes façam o mesmo. É um exemplo este ano nesse sentido, para que estas festas continuem a ser realizadas pelas pessoas, em partilha com a Câmara, que é um parceiro que pretende estimular as pessoas e estimular do ponto de vista financeiro estas festas”, sublinhou.

Para o presidente da autarquia não menos importante é a colaboração dos populares. “Mais uma vez a população aderiu em força e ao longo destes dias penso que têm acompanhado um conjunto de realizações da responsabilidade desta Comissão de Festas e está de facto a mostrar que é com as pessoas que temos de fazê-lo e comemorar este evento, que é o ponto de encontro aqui na região norte, não só pelo esplendor da sua procissão, da festa religiosa em si, mas também pela animação e os momentos da distracção da festa”, ressalvou.

Bernardino Vasconcelos lembrou ainda a importância da requalificação dos Parques da Senhora das Dores e Dr. Lima Carneiro, aprovada recentemente para fundos comunitários, para a festa da cidade. “Os espaços vão ser muito mais alargados, teremos mais espaço para a realização da festa da Senhora das Dores, porque os parques vão estar ligados entre si”, referiu, acrescentando que “daqui a dois anos teremos uma sala de visitas diferente, muito bonita, capaz de albergar e de redimensionar até a qualidade da festa da Nossa Senhora das Dores”.