“Good Bye Lenin”, um filme de 2003 inspirado na queda do Muro de Berlim, foi a escolha do professor e político português, Diogo Freitas do Amaral, para ser exibido e comentado na sessão “Um Livro, Um Filme”, que decorre pelas 21.30 horas de sexta-feira, 30 de maio, no Centro de Estudos Camilianos, em Famalicão.

Dirigido por Wolfgang Becker, “Good Bye Lenin”, que remonta ao outono de 1989, retrata a história do jovem Alex, que tenta proteger a sua mãe depois de esta ter estado oito meses em coma e não ter assistido à queda do Muro de Berlim e ao triunfo do capitalismo no país. Determinado a proteger a mãe a qualquer custo e com medo que esta volte a ter um ataque cardíaco se souber do que aconteceu, Alex decide não contar que o Muro caiu, dando a crer que a RDA ainda existe e que tudo permanece exatamente igual.

Doutorado em Ciências Jurídico-Políticas, Diogo Freitas do Amaral lecionou na Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa e na Faculdade de Direito da Universidade Lusófona de Lisboa, coordenando também o Centro Português de Estudos Lusófonos. É autor de “uma vastíssima bibliografia na área do Direito Público, nomeadamente sobre Direito Administrativo, ramo em que influenciou a doutrina portuguesa”.