Neste Dia Mundial da Alimentação, recordamos a contribuição dada pela nutricionista Ana Gonçalves Ferreira ao NT sobre os mitos que persistem na sociedade portuguesa sobre alguns alimentos ou formas de comer.

“Laranja de manhã é ouro, de tarde é prata e à noite mata”, “o pão engorda” e “tomar banho logo depois de comer faz mal à saúde” são algumas das frases que temos ouvido, repetidamente, ao longo dos anos por familiares ou conhecidos.

A maior parte das vezes, o conselho nunca vem acompanhado de explicação, mas da resposta “se se diz que faz mal é porque faz mal”. Mas assim como outros, estes não passam de mitos.

Hoje, os nutricionistas lutam para desconstruir algumas verdades (in)contestáveis, que podem inclusive levar muitas pessoas ao engano e a opções menos corretas na alimentação. A nutricionista Ana Gonçalves Ferreira explica aos leitores do NT alguns dos mitos mais ouvidos e garante que, assim como a laranja pode ser comida a qualquer momento do dia, a água morna com limão tomada de manhã – para desgosto de alguns – não emagrece.

– Comer laranja à noite faz mal

“MITO. Já alguma vez conheceu alguém que faleceu por ter comido uma laranja à noite? Já ouviu falar de alguma pessoa a quem o tenha acontecido? Não existe nenhum componente na laranja que possa provocar a morte, não se preocupe! Claro que em algumas pessoas, devido a uma questão de variabilidade individual, a laranja poder-se-á tornar mais indigesta quando ingerida à noite. Mas não passará de um desconforto!”


– Tomar banho logo depois de comer é prejudicial à saúde

“MITO. Considero que este é um dos mitos mais cruéis! Inclusive eu, cresci sem que me deixassem ir à água “antes de fazer a digestão”. É só preciso ter atenção à temperatura da água. Água muito quente ou água muito fria poderão causar algum desconforto no estômago e azia ou, nos casos mais graves, e não muito comuns, indigestão. Para quem faz praia nas águas do Norte: tenha o cuidado de entrar lentamente na água para evitar um possível choque térmico. Só isso!”


Água morna com limão de manhã emagrece

“MITO. O que nos faz emagrecer é a diferença entre o que ingerimos e o que gastamos. Ou seja, para perdermos peso precisamos de criar um balanço energético negativo. Por outro lado, beber água com limão de manhã poderá ajudar a regular o trânsito intestinal o que faz com que as pessoas se sintam “mais leves” e não mais magras.”

– Os produtos light ou magros fazem emagrecer

“MITO. Os produtos light ou magros são produtos que têm uma redução de pelo menos 25 por cento de um dos componentes comparativamente ao original. Contudo, não é por os ingerirmos que vamos perder peso. Poderão ajudar, naturalmente. Mas o que realmente interessa na perda de peso, como eu já referi, é criar um balanço energético negativo durante todo o dia.”


– Os ovos são prejudiciais à saúde

“MITO. Os ovos são nutricionalmente muito ricos! São vários os estudos científicos a comprovar os seus benefícios para a saúde e a indicar que quando consumidos moderadamente não influenciam negativamente a saúde. Pessoas com doenças cardiovasculares, diabetes ou níveis elevados de colesterol (LDL) devem limitar o colesterol proveniente da alimentação para valores inferiores a 200mg por dia e como a gema tem valores elevados de colesterol convém limitar o seu consumo. Mas limitar o consumo não significa não ingerir ovos!”

– Não se deve beber água às refeições

“MITO. Beber água às refeições poderá ajudar a promover uma maior saciedade por ocupar mais volume no estômago (o que levará a que se ingira menos quantidade de alimentos) e por atrasar a digestão. Contudo, não exagere na quantidade de água que bebe.


– O pão engorda

“MITO. Adoro pacientes que adoram pão! É um mito que, felizmente, começa a ser desconstruído. Mas ainda são muitas as pessoas que “não comem pão porque engorda”. Contudo deixem-me dizer que tudo engorda. Menos a água! O segredo é a quantidade daquilo que vamos ingerir.”


– Todas as refeições vegetarianas são sinónimo de alimentação saudável

“MITO. Uma alimentação saudável é aquela que proporciona qualidade de vida, aquela que nos proporciona todos os macro e micronutrientes necessários ao funcionamento adequado do nosso organismo. Neste sentido, se estivermos a falar de uma refeição que não tenha a quantidade proteica necessária, por exemplo, não se poderá dizer que é uma refeição saudável.


– Os adoçantes são melhores para a saúde

“Depende. O melhor é sempre optar pelo alimento sem açúcar e/ou sem adoçante. É fundamental habituarmo-nos ao sabor natural dos alimentos!”


– Comer bem significa comer pouco

“MITO. Claro que não! Comer bem significa comer o necessário para mantermos o nosso organismo a funcionar devidamente e para termos energia para todas as nossas atividades diárias. Depois o segredo está nas opções alimentares que fazemos. Podemos optar por comer alimentos muito energéticos e pobres nutricionalmente ou optar por alimentos que têm poucas calorias mas que são riquíssimos nutricionalmente! Por exemplo, comer uma nata, em termos energéticos, é semelhante a comer uma maçã mais um iogurte magro ou natural mais meio pão.


– Comer fruta não engorda

MITO. Como já referi, tudo engorda! O segredo estará na quantidade daquilo que comemos. Sempre! Ingerir 3 a 4 peças de fruta por dia é importante. E, como eu costumo dizer, é sempre preferível optar por uma peça de fruta ao invés de um bolo. Mas se ingerir 2kgs de fruta por dia certamente que sentirá diferença na balança.


– Só conseguimos emagrecer se nos privarmos de tudo o que é doce e gorduroso

“MITO. Comer é bom e tem de continuar a ser bom! Defendo, por completo, que não nos devemos privar de tudo. Um plano alimentar não é nem pode ser uma prisão alimentar. Nem tão pouco pode estar associado a sacrifício. Perder peso é uma caminhada, exige o seu tempo, exige dedicação, exige alteração de hábitos alimentares e, acima de tudo, exige equilíbrio, por isso privarmo-nos de tudo o que gostamos não faz parte da solução!”