A Casa das Artes em Vila Nova de Famalicão recebe nomes conhecidos do panorama cultural. O grande destaque para este mês vai para a atuação dos Deolinda, no dia 21, sábado, pelas 21.30 horas, no grande auditório da Casa das Artes. Um concerto acústico e folclórico na voz de Ana Bacalhau, acompanhada pelas guitarras e contrabaixo de Pedro Martins, Luís Martins e Zé Leitão, com a duração de 80 minutos, tendo um custo de 20 euros.

Custódia Gallego e Inês Castel-Branco também visitarão o grande auditório da Casa das Artes, no dia 28, pelas 21.30 horas, com a peça de teatro “As Lágrimas Amargas de Petra Von Kant, de R.W. Fassbinder”. Uma história repleta de amor, masoquismo, de relações claustrofóbicas e de desespero vivenciadas sempre por uma mulher. A peça tem a duração de 80 minutos e um custo de 12 euros. Diana Costa e Silva, Isabel Ruth, Paula Mora e Cláudia Carvalho também fazem parte deste elenco, que tem a encenação a cargo de António Ferreira.

Na rubrica “Um livro, um filme”, na área de cinema, o convidado de honra é Francisco José Viegas, secretário de Estado da Cultura, no dia 18 de janeiro, pelas 21.30 horas, no Centro de Estudos Camilianos. Inicialmente, dedicava-se ao ensino, mas acabou por o “abandonar” em troca do jornalismo. Francisco Viegas também se dedica à publicação de obras de poesia.

 {fcomment}