A D’ACCORD, empresa especializada no recrutamento e seleção de recursos humanos, tem nova agência em Vila Nova de Famalicão. O objetivo é consolidar posição no “coração” de uma região em constante crescimento económico.

Atualmente, com mais de 200 ofertas de emprego para Portugal e França, há muito que a D’ACCORD se tornou uma referência no recrutamento especializado no trabalho temporário.

Com a primeira sede na Maia, a D’ACCORD abriu, recentemente, uma nova agência em Vila Nova de Famalicão, com o objetivo de consolidar posição numa região conhecida pelo vigor económico e industrial.

Desde que está no mercado, a D’Accord já empregou mais de 20 mil pessoas.

“Desta forma, vamos ao encontro dos nossos clientes e, no que respeita aos candidatos, também é uma zona importante, até porque Vila Nova de Famalicão é um concelho empreendedor, com muito crescimento e que ostenta o 3.º lugar nacional no volume de exportações”, explicou Mário Costa, diretor financeiro da D’ACCORD.

Esta empresa com mais de dez anos de atividade e know-how no mercado procura candidatos com ou sem experiência em diversos setores. “A D’ACCORD tem uma carteira diversificada de clientes, mais direcionada para as áreas da indústria, serviços e comércio. Atualmente, devido à situação pandémica, a nossa ação foi reforçada na área da metalomecânica e alimentar. Além disso, temos a nossa empresa em França, mais direcionada para a construção civil”, explicou Sofia Soares, responsável pela agência da D’ACCORD em Famalicão.

Segundo Mário Costa, todo o processo passa, integralmente, pela empresa, ou seja, são assegurados “o recrutamento e seleção”, além da “consultadoria na área da gestão dos recursos humanos”.

“Nós não procuramos um perfil específico, porque vamos sempre ao encontro das necessidades e requisitos do cliente. Podemos recrutar pessoas para cargos superiores, como para cargos médios ou até mesmo para ingressar, pela primeira vez, no mercado de trabalho. O cliente traça-nos um perfil e a D’ACCORD tenta encontrar o match perfeito, que corresponda às expectativas do trabalhador e às necessidades da empresa acolhedora”, detalhou Sofia Soares.

“O contrato é feito pela D’ACCORD France, que, além da viagem e do alojamento, assegura que os recursos humanos beneficiam das mesmas regalias de um profissional francês, ao nível de remuneração e dos descontos.”

No processo de seleção de colaboradores que vão trabalhar para o estrangeiro, o contrato é feito pela D’ACCORD France, que, além da viagem e do alojamento, assegura que os recursos humanos beneficiam das mesmas regalias de um profissional francês, ao nível de remuneração e dos descontos.

As candidaturas podem ser feitas presencialmente, nas instalações da D’ACCORD, na Avenida dos Descobrimentos, em Vila Nova de Famalicão, ou no site www.daccord.pt.

Desde que está no mercado, a D’Accord já empregou mais de 20 mil pessoas. Para 2021, a empresa prevê um volume de faturação na ordem dos 6 milhões de euros.