A D’Accord, empresa especialista na prestação de serviços de gestão de recursos humanos, inaugurou uma filial na Trofa. Prestar um serviço de proximidade e dar passos na estratégia de cobertura do território nacional são os objetivos da empresa

O “reforço de uma posição competitiva no mercado” e a “procura constante pelo serviço de excelência” foram os motivos que levaram a D’Accord a abrir uma filial na Trofa. Sediada na Maia, esta empresa especialista na prestação de serviços de gestão de recursos humanos e no trabalho temporário teve de responder às exigências do crescimento do negócio e instalar mais um espaço que responda às exigências do mercado na região do Baixo Ave. A empresa está, desta forma, mais perto dos clientes, colaboradores e candidatos com a filial localizada na Rua Joaquim da Costa Pereira Serra, Edifício Habitat XXI, nº 10 A, junto à rotunda dos Bombeiros, em S. Martinho de Bougado.

Com a abertura desta nova agência, a D’Accord cumpre também o desígnio de implementar da estratégia de cobertura do território nacional. E a intenção não se esgota por aqui: até ao fim do ano, mais um espaço da D’Accord deve abrir no país.

“Temos uma carteira de clientes interessante na Trofa e pela nossa proximidade decidimos abrir estas instalações para ser mais prático. Estamos num momento de crise e, muitas vezes, os custos de deslocação dos candidatos para o processo de recrutamento e seleção são elevados. Com a nova agência, queremos aumentar a qualidade do nosso serviço”, explicou André Coroa, gerente da D’Accord.

Como core business a empresa tem o trabalho temporário, com os serviços de recrutamento, seleção e formação profissional. A última área está ainda numa fase embrionária, mas “a curto prazo” será colocada à disposição dos clientes.

Até 2013, a grande fatia da atividade da D’Accord pertencia ao mercado externo, enquanto o nacional representava dez por cento do volume de negócios. No entanto, esta realidade está a mudar, devido aos primeiros sinais de retoma da economia em Portugal e ao serviço de excelência prestado pela empresa, que permitiu conquistar uma boa posição no mercado. “Cobrimos todas as áreas, desde a indústria à área têxtil, construção, essencialmente para o estrangeiro, e hotelaria. Somos ainda muito solicitados no recrutamento e seleção para cargos de chefia. Nota-se um ligeiro crescimento da economia nacional pelo aumento substancial de pedidos de propostas e consultas que nos chegam diariamente”, evidenciou André Coroa.

No que respeita ao trabalho temporário para o estrangeiro, com maior incidência para a França, a D’Accord “assegura todas as condições para os candidatos, assim como o acompanhamento durante o período de destacamento e repatriamento, no final da missão”.

Já no mercado nacional, é garantida a “criação de postos de trabalho que, sendo inicialmente temporários, muitas vezes passam a ser definitivos, uma vez que ao fim de dois ou três anos, a empresa acaba por contratar diretamente o colaborador”.

Sede na Maia

A D’Accord nasceu em 2010, na Trofa. Na altura, numas instalações exíguas, com capacidade para dois postos de trabalho, André Coroa percebeu rapidamente que o pulsar do mercado exigiria um novo desafio. Face ao crescimento célere e à expansão dos serviços, como formação profissional, trabalho temporário e recrutamento e seleção, a sede D’Accord foi deslocalizada para a Maia, onde estão ocupados os 12 postos de trabalho disponíveis. “Em termos de acessibilidades, torna-se mais prático para os candidatos que nos procuram diariamente. Temos o metro mesmo junto à sede, que facilita a deslocação de quem nos procura, também estamos perto do aeroporto, para responder às exigências do mercado internacional, e da zona industrial da Maia, que dá vantagem competitiva à empresa”, explica André Coroa.