Foi com a colaboração da ACIF (Associação Comercial e Industrial de Vila Nova de Famalicão) que os voluntários usufruíram de um serviço de manicure, massagem e maquilhagem, através das formandas do curso profissional de estética e cosmetologia da ACIF. Já a Escola Passos de Dança ofereceu uma aula de kizomba aos participantes, um momento “único” e de “aprendizagem”. “Foi uma bela surpresa, foram miminhos muito bons”, confessaram os voluntários, demonstrando uma “enorme satisfação” por estes momentos.
“A delegação da Trofa da Cruz Vermelha Portuguesa agradece à ACIF, à Professora Rita e às formandas, à Escola Passos de Dança e ao Professor Fausto o momento proporcionado a todos que diariamente, muitas vezes de forma pouco visível, ajudam para que o Mundo seja um lugar melhor”, lê-se em comunicado da CVP, que aproveita para agradecer a todos os voluntários que ajudam a instituição a “dar resposta” aos que a procuram.
Recorde-se que foi há 29 anos que as Nações Unidas estabeleceram o Dia Internacional do Voluntariado, para sensibilizar, valorizar, incentivar e dar visibilidade aos voluntários e às práticas de voluntariado em todo o mundo.
A delegação lança ainda um “apelo” para que a comunidade se inscreva como voluntário, para fazer desta um “concelho melhor” para todos. “Ajudar faz bem”.