Select Page

Cube Académico da Trofa/Real Seguros na final da Taça

Cube Académico da Trofa/Real Seguros na final da Taça

O CAT/Real Seguros e o Gueifães vão disputar a final da Taça de Portugal em Voleibol Feminino, no troximo dia 7 de Abril em Baião. Depois de ter vencido em casa a equipa da Universidade Lusófona por tres a zero, a equipa de Manuel Barbosa vai agora  medir forças com as maiatas do Gueifães que venceram este sabado na Madeira o Sports Madeira por 3-1.

catlusofona2.gif

As trofenses do CAT mantiveram sempre a vantagem nos tres parciais mas demonstraram, em alguns momentos do jogo, nervosismo. Tendo um plantel muito reduzido, a equipa de Manuel Barbosa manteve sempre a superioridade e mesmo lesionada (contraiu uma entorse e não terinava desde quinta-feira)  a atleta do CAT Dragana jogou e ajudou o CAT a qualificar-se para a Taça de Portugal.

Neste jogo que  apesar de ser uma meia final contou com pouco publico, até mesmo os jornalistas parecem ter preferido os ares da praia já que apenas a equipa de reportagem do jornal O Noticias da Trofa acompanhou este encontro, num claro desisteresse por parte quer da imprensa nacional  e de alguma imprensa local por este momento historico em que uma equipa da Trofa se qualifica pelo terceiro ano consecutivo para uma Final da Taça de Portugal.

Manuel Barbosa treinador do CATNo final do jogo o tecnico do CAT salientou precisamente este momento que apelidou de "histórico", salientando que o CAT conseguiu "em apenas tres anos de existencia o que nenhum clube deste concelho fez…qualificar-se para a final da Taça". Barbosa salientou ainda que apesar do jogo da Taça ser muito importante "temos ainda quatro jogos muito importantes para decidir o campeonato", frisando que "na proxima quarta-feira deslocamo-nos ao Gueifães, depois vamos à Madeira defrontar o Sports, a 31 de Março recemosem casa o Ribeirense e no dia seguinte recebemos  as madeirenses, o que é para nos muito cansativo devido à falta de jogadoras com que nos debatemos", concluiu.

Antonio Rodrigues treinador da Lusofona

Já António Rodrigues, treinador do Lusófona relembrou as diferenças orçamentais entre os dois clubes e assegurou que "o nosso objectivo era chegar à final mas devido á diferença entre as duas equipas, o facto de sermos uma equipa amadora e com o orçamento mais reduzido do campeonato." Apesar de tudo o técnico considera que as suas atletas se bateram muito bem.

Quanto ao prognostico para a final da Taça, Rodrigues não tem dúvidas e diz que o CAT vai concerteza vencer o Gueifães.

A equipa trofense desloca-se a 7 de Abril a Baião onde vai jogar-se a final da Taça de Portugal em Voleibol Feminino entre o Gueifães e o Clube Académico da Trofa/Real Seguros, em hora ainda a confirmar, num jogo com transmissão televisiva pela Sporttv, na inauguração do novo pavilhão municipal de Baião.

Videos

Loading...

Siga-nos

1ª página da edição papel

Este site utiliza cookies para lhe oferecer uma experiência mais personalizada. Ao navegar está a permitir a sua utilização