A loja de venda de Natal da Delegação da Trofa da Cruz Vermelha Portuguesa vai estar aberta até ao dia 31 de dezembro.

Sabia que pode comprar uma prenda e ao mesmo tempo ser solidário? A delegação da Trofa da Cruz Vermelha Portuguesa (CVP) abriu uma loja na Rua Conde S. Bento, junto à Foto Freitas, onde pode encontrar uma grande variedade de artigos.
Além de peças de vestuário e artigos para a casa oferecidos pelas empresas, a loja dispõe de artigos reaproveitados e alusivos ao Natal, desde coroas, velas e peças decorativas, decorados pelas funcionárias da Delegação “em conjunto com um grupo de trabalho de voluntários que se criou”. “É uma variedade e todos os dias estamos a trabalhar para artigos para a loja e todas as semanas vão chegando das empresas mais artigos”, contou Daniela Esteves, presidente da Delegação da Trofa da CVP.
A presidente explicou que o espaço foi “cedido” para que pudessem “expor” os seus trabalhos, com o objetivo de “criar uma fonte de receita” para a Delegação, que “não tem apoios lineares, estatais ou da autarquia”, sendo necessário serem “criativos” para “angariar verbas para manter as atividades diárias”. Para isso contam com o trabalho “diário” dos voluntários, que “recriam situações” que chegam à CVP e que são “aproveitadas para fazer alguns objetos”.
Daniela Esteves agradece “a todas as pessoas que tornaram possível” a loja de venda de Natal, nomeadamente com “o apoio da loja, da luz e dos voluntários”, que trabalham “diariamente” para que seja “possível” que a loja esteja “aberta ao público”.
A presidente apela à sensibili-zação da comunidade, para que se junte à Delegação nesta “causa de todos”, em que “todos são convidados a apoiar”, solicitando que “as pessoas passem pela loja e vejam os seus artigos”. “Sobretudo que pensem que isto é uma causa solidária e, mais do que comprar, quero que vejam o nosso trabalho e como as pessoas, entre voluntários e utentes, se associam a nós. Que as pessoas vejam o nosso trabalho e se possível que contribuam”, apelou.