Desde o dia 20 de outubro que a Delegação da Trofa da Cruz Vermelha Portuguesa está a implementar o projeto “Caixa de Sorrisos”, vencedor da Missão Sorriso 2013. Na terça-feira, a delegação começou a distribuir cabazes alimentares.

Depois de uma formação sobre confeção de receitas saudáveis e de poupança, os mil beneficiários vão poder pôr em prática tudo o que aprenderam. A Delegação da Trofa da Cruz Vermelha Portuguesa (CVP) começou esta terça-feira a distribuir os cabazes alimentares às mil pessoas carenciadas do concelho da Trofa. Cada cabaz é constituído por “18 quilos de bens alimentares, entre outros, água, azeite, arroz, óleo, salsichas, atum e leite, assim como o livro de receitas, com dicas de poupança e receitas.
Para Francisco Ferreira, um dos beneficiários, a formação foi “um bom exemplo para todas as pessoas, porque ensina como as pessoas devem poupar e a ter uma alimentação saudável”. Utente da delegação “há quatro anos”, Francisco afirmou que “só tem a agradecer”, pois desde que pediu ajuda pela “primeira vez” foi “muito bem recebido” e a Cruz Vermelha tem-no “ajudado bastante na vida”.
Outra das beneficiárias do projeto, Elisabete Duarte, apoiada “há muito tempo” pela delegação trofense, contou que desde que veio dos Açores, terra natal, que a CVP a “tem ajudado muito” e sido “uma grande ajuda”.

Em jeito de balanço, Daniela Esteves, presidente da Delegação da Trofa da CVP, referiu que a formação tem sido “um período muito positivo”, porque é “um momento de partilha, onde as pessoas se libertam um bocadinho e contam mais das suas dificuldades e dúvidas”. “Acho que devemos incutir este hábito, de que venham a um espaço da delegação para que possam ouvir e partilhar as suas dúvidas”, acrescentou.
A Delegação da Trofa já concorreu à edição 2014 da Missão Sorriso. Daniela Esteves explicou que o projeto insere-se “no eixo da Luta Contra a Fome”, tratando-se de “uma majoração da resposta quer a este nível de apoio alimentar não confecionado, quer também da resposta da cantina social Porta de Sabores”. “Estou muito confiante com esta candidatura”, apontou.