Durante a Semana da Água e da Floresta, as crianças trofenses aprenderam alguns cuidados com o ambiente, plantaram árvores e construiram ninhos para pássaros.

Depois de passarem a tarde no Parque do Monte de Paradela, em S. Martinho de Bougado, os alunos da EB1/JI de Paranho não tinham dúvidas quanto à importância de cuidar das árvores. “Elas são importantes porque dão-nos oxigénio e sem ele nós morremos”, explicou a pequena Inês Domingues. Na tarde de terça-feira, a Inês e os colegas da escola ajudaram a fazer ninhos para pássaros, que depois foram colocados nas árvores, para receber as aves migratórias que chegam à região nesta altura. O ateliê de ninhos foi promovido pelo Fundo para a Protecção de Animais Selvagens (FAPAS) e permitiu às crianças construir “casinhas” de madeira para os pássaros.

Ainda antes de “martelar nos pregos”, Francisco Oliveira e Beatriz Magalhães ajudaram a plantar uma árvore autóctone e nenhum teve medo de sujar as mãos. Também em S. Romão do Coronado, na Quinta de S. Romão, os alunos das Escolas Básicas de Portela, Fonteleite e Vila participaram em actividades semelhantes nos dias 21 e 22 de Março.

Estas iniciativas decorreram no âmbito da Semana da Água e da Floresta, enquadrada no programa de Educação Ambiental desenvolvido pela Câmara Municipal junto dos estabelecimentos de ensino do concelho. “O grande objectivo ao envolver cerca de 500 crianças nestas actividades é aproximá-las da natureza. A iniciativa acabou por ser muito útil, transportando os mais novos ao passado, através do ateliê de ninhos, que são algo um pouco esquecido, e da plantação das árvores que os alunos apadrinharam”, atestou a presidente da Câmara Municipal da Trofa, Joana Lima. A “defesa do ambiente” está “subjacente” a este tipo de actividades e a edil acredita que “as crianças perceberam perfeitamente” a mensagem transmitida.

Ainda no âmbito das comemorações da Semana da Água e da Floresta, a Câmara Municipal promoveu o concurso “BI do teu Fontanário”. O objectivo era “colocar em destaque a importância da água e da preservação da sua qualidade, para além de fomentar o conhecimento do património artístico-cultural do concelho” junto dos mais novos.

 Os alunos das Escolas Básicas de Casal e do Muro, da Creche e Jardim-de-infância da Santa Casa da Misericórdia e do Jardim-de-infância de Feira Nova (os estabelecimentos que se inscreveram no concurso) vão conhecer os resultados no dia 24 de Março, pelas 10 horas, na Academia Municipal – Aquaplace. Às escolas vencedoras serão entregues os respectivos prémios: kit de análises de água, kit de observação da natureza, jogo “Aventura de uma gota” e o jogo “Criar água”.