adalberto 

O Bougadense fez 38 anos num clima de acalmia, depois de tempos conturbados por falta de verbas para cumprir os acordos financeiros. Adalberto Maia está satisfeito por ver frutos depois de todo o trabalho e sacrifício da direcção. O presidente do clube não quer parar por aqui e a evolução depende do apoio da Câmara Municipal.

Sustentabilidade parece ser a melhor palavra para descrever o objectivo para o futuro do Bougadense. Longe vão os tempos de ambição, muitas vezes desmedida, que, para além de uma fugaz euforia, não permitiram um crescimento saudável da melhor instituição de Santiago de Bougado, que fez 38 anos a 12 de Março.

Das subidas de divisão ambicionadas sem quaisquer elementos que pudessem segurar o peso dessa responsabilidade, o resultado está à vista: a equipa sénior milita a 1ª Divisão da Associação de Futebol do Porto (AFP).

Leia a entrevista completa na edição papel desta semana d’O Notícias da Trofa.