Promover e divulgar o património industrial da região são os objetivos do concurso de fotografia que a Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão está a promover, através do Museu da Indústria Têxtil da Bacia do Ave.

As inscrições estão abertas até ao dia 29 de fevereiro, custam cinco euros cada e pode ser efetuada no Museu, no posto e Turismo de Famalicão ou na Casa da Cultura famalicense. O primeiro prémio tem o valor de 400 euros e os restantes lugares do pódio valem 300 e 200 euros, respetivamente. O júri poderá ainda decidir atribuir menções honrosas.

O concurso culmina com uma exposição dos trabalhos selecionados e premiados no Museu da Indústria Têxtil, cuja abertura marcará as celebrações do Dia Internacional dos Museus, a 18 de maio.

A iniciativa, feita em colaboração com a associação famalicense Artes de Movimento, pretende ainda desafiar a comunidade para a descoberta de espaços históricos no concelho, incentivando a recolha de fotografias originais. A data limite de entrega dos trabalhos a concurso é até 15 de abril de 2012. De acordo com as regras do concurso, os trabalhos apresentados deverão ser originais e inéditos. Cada concorrente poderá apresentar,  no máximo, três fotografias, acompanhadas de um breve texto, de cinco linhas (no máximo), que explique a obra.

Os originais que não cor-respondam ao tema do Concurso, ou que retratem elementos do património industrial de fora da área dos municípios da Bacia do Ave (Vieira do Minho, Póvoa de Lanhoso, Guimarães, Vizela, Vila
Nova de Famalicão, Santo Tirso, Trofa e Vila do Conde), não serão considerados.

Todas as informações estão disponíveis no site www.museudaindustriatextil.org.

{fcomment}