Desde os mais clássicos de 1960 até aos mais atuais que estão a ser comercializados, de todos os modelos e séries.

Uma parte da zona de estacionamento do Parque Urbano da Rabada, em Santo Tirso, estava reservada para os “cerca de 110 BMW” inscritos na concentração dinamizada pelo Clube BMW Vale do Ave, que, pela primeira vez, extravasou as fronteiras de Vila Nova de Famalicão.

A concentração, que se realizou no sábado, 5 de julho, contou com “modelos bastante raros e históricos”, como é o caso do “BMW 325is E30, que só foi comercializado na África do Sul”.

Para César Pereira, membro do Clube, a concentração estava a “correr bem” e “dentro daquilo que tinham delineado”, esperando “passar a fasquia dos 110 automóveis”. Esta atividade é marcada pela “troca de ideias e de conhecimentos, porque ao fim e ao cabo cada membro e cliente BMW tem uma história e conhecimento que pode partilhar sempre com os outros”, sendo também “uma maneira de estarem todos reunidos”.

Segundo César Pereira, o Clube BMW Vale do Ave tem feito “vários eventos normalmente na zona de Famalicão”, mas como têm “a ideia de expandir geograficamente para outras áreas acharam por bem em fazer uma parceria com o Café do Rio para fazer este evento” no Parque Urbano da Rabada, que “tem boas condições para este tipo de eventos”.

A concentração culminou na Pedra do Couto, onde os participantes foram brindados com um aperitivo de boas vindas, piscina aberta a todos os interessados, uma projeção de fotografias e vídeos do dia bem como de todos os eventos realizados, seguido de jantar com entrada direta na noite.