O secretário de Estado do Emprego e Formação Profissional, Fernando Medina inaugurou o Centro de novas Oportunidades do CICCOPN – Centro de Formação da Industria da Construção Civil e Obras Públicas do Norte. Durante a cerimonia decorreu ainda a assinatura de Acordos de Colaboração com empresas e a entrega a Adultos de Certificados dos 6.º e 9.º anos. O Centro Novas Oportunidades do CICCOPN conta com 566 Adultos inscritos, 323 em Processo de Reconhecimento e 64 Certificados.

"Apostar na formação para vencer desafios" foi a mensagem deixada pelo Secretario de Estado do Emprego e formação Profissional, Fernando Medina na cerimonia de inauguração do Centro de Novas Oportunidades do Ciccopn, na Maia.

O secretario de Estado não se cansou de elogiar a coragem de todos os formandos que receberam os seus certificados de ciccopn.jpgequivalência ao 9ºano de escolaridade e salientou que "estas pessoas são um exemplo que deveria ser seguido por todo o país. As famílias entendem e esforçam-se duramente para dar uma qualificação aos seus jovens, mas a sociedade portuguesa ainda não entendeu totalmente que a qualificação dos activos é absolutamente vital para o nosso processo de desenvolvimento".

Fernando Medina agradeceu às empresas que subscreveram os protocolos relativamente às Novas Oportunidades salientando que "um pouco por todo o pais as empresas têm aderido a esta oportunidade de formação para os seus colaboradores", assegurando que " é nesta adesão que pode estar a fazer a diferença em matéria de qualificação de activos em Portugal".

O governante lembrou que "cidade após cidade, nós temos empresas pequenas, médias, grandes que contactam com o governo e dizem-se disponíveis para participar neste projecto. Hoje vi aqui várias instituições a assinarem os protocolos algumas das maiores empresas de construção civil nacionais. Tenho estado em muitos sítios do país e dialogado com muitas empresas e tive casos extraordinários. Em que elas diziam que queriam participar este projecto e quando questionadas sobre o número de empregados que eles queriam qualificar eles respondiam "todos".

Empresas de construção de dimensão nacional e algumas juntas de freguesia como a A.M.Mesquita, S.A., António da Silva Campos, S.A., Bascol – Construção Civil, S.A., Alberto Couto Alves, S.A., Eusébio & Filhos, S.A. , Cantinhos-Soc.Construções,S.A., Grupo Soares da Costa, SGPS, J.Gomes-Soc.Const.Cávado,S.A.

O Feliz – Metalomecânica, S.A., Mota – Engil, SGPS, FDO – Invest. e Participações, SGPS

Junta de Freguesia da Barca, Junta de Santa Maria Avioso, Junta de Freguesia de Moreira , Federação Colect. Distrito Porto, Bombeiros de Moreira da Maia, Bombeiros de Pedrouços e

Bombeiros Sta. Marinha Zêzere assinaram o protocolo de colaboração com o CICCOPN para que os seus colaboradores possam usufruir das Novas Oportunidades.

Por seu lado Luís Gonzaga, presidente do Conselho de Administração do CICCOPN salientou a importância da formação e destacou "a formação profissional no sector da construção civil como principal actividade da instituição" e lembrou que "o CICCOPN tem agora responsabilidades acrescidas com a inauguração deste Centro de Novas Oportunidades que vai permitir a certificação escolar e profissional a muitos que, pelas m

Reis Campos, presidente da Associação de Industriais da Construção Civil e Obras Publicas (AICCOPN) assegurou que o CICCOPN "tem vindo a desenvolver um excelente trabalho na formação de profissionais da área da construção civil" e lembrou a importância da formação para que "o sector seja cada vez mais competitivo".

CNO do CICCOPN em números

O Centro de Novas Oportunidades do CICCOPN tem como público alvo privilegiado trabalhadores do sector da construção e adultos candidatos a uma certificação profissional.

Em menos de um ano o CNO do CICCOPN conta com 566 adultos inscritos, com 323 em processo de Reconhecimento e 64 adultos Certificados.