Um serviço de qualidade em instalações modernas, uma equipa profissional e um horário alargado são as apostas da Clínica Laboratorial Dr. Edgar Botelho Moniz. A trabalhar há apenas 15 dias o novo posto de colheitas da Trofa, situado junto ao Parque Nossa Senhora das Dores, já foi visitado por muitos utentes.

Estar mais perto dos clientes do concelho da Trofa motivou a direcção da Clínica Laboratorial Dr. Edgar Botelho Moniz a escolher a rua Abade Joaquim José Pedrosa, em frente ao Parque Nossa Senhora das Dores para abrir um novo posto de colheita.

Segundo Mário João Santos, Director Técnico da Clínica Dr. Edgar Botelho Moniz, “a nossa instalação aqui surgiu com o intuito de proporcionarmos uma qualidade de atendimento que não tínhamos aqui nesta zona e podermos desta forma oferecer aos utentes e mesmo aos médicos requisitantes uma qualidade de informação laboratorial suplementar, que nos permite ser mais eficientes e eficazes na produção da nossa informação laboratorial”.

Com instalações modernas, uma equipa profissional e um horário alargado, a Clínica Edgar Botelho Moniz pretende satisfazer os seus clientes e por todas estas qualidades destacam-se dos outros espaços que trabalham na mesma área. “Produzimos informação laboratorial de qualidade e de utilidade quer para os utentes, quer para os médicos requisitantes e portanto é junto dos utentes que nós temos que estar, daí a nossa localização e esperamos que com ela possamos ter um maior número de utentes nos nossos serviços”, afirmou Mário João Santos.

botelho-moniz-2

Mas para o responsável não basta ter as melhores instalações, ou os melhores recursos tecnológicos para produzir informação laboratorial de qualidade: “a fase que nós chamamos pré-analítica, é uma fase fundamental na produção da informação, ou seja, se nós sujeitarmos os nossos doentes a condições inadequadas de espera, tempos excessivos de espera, estamos a proporcionar uma potencial fonte de erro que vai inquinar os nossos resultados”.

Depois de feita a colheita, os produtos, são enviados para Santo Tirso onde na unidade laboratorial são analisados, dando aos seus utentes mais fiabilidade nos resultados. “Em qualquer actividade da medicina laboratorial privada, o comum é existirem postos, ou centros de colheita onde nós recolhemos os produtos biológicos dos nossos utentes que depois vamos processar nas nossas unidades laboratoriais”, explicou.

A trabalhar há apenas 15 dias o novo posto de colheitas da Trofa já foi visitado por muitos utentes. O Comendador José Serra também escolheu o posto da Trofa para fazer as suas análises e considerou a abertura deste novo espaço, uma mais valia para os trofenses. “Fico contente por não precisar de sair da minha terra para usufruir deste bem. Acho que é por aqui que devemos começar, quando não nos sentimos bem de saúde, fazer análises, para que depois os médicos possam pronunciar-se e ajudar o doente e fazer o seu diagnóstico com mais segurança”, afirmou.

O novo espaço da Clínica Laboratorial Dr. Edgar Botelho Moniz efectua colheitas de segunda a sexta-feira das 7.30 às 12 horas e aos sábados das 8 às 11 horas.