UltrasTrofa06 é o nome da claque que domingo a domingo apoia o Clube Desportivo Trofense há quase um ano. Criada em Agosto de 2006 e composta por 35 elementos, esta claque, que recusa ser associada a violência e intolerância vai trabalhando para apoiar o seu clube.

Ultras Trofa presentes em todos os estádios O Noticias da Trofa (NT) – Há quanto tempo criaram esta claque e quantos elementos a compõem?

Claque CD Trofense (CT) – Este grupo começou a criar as suas bases no memorável jogo que garantiu ao nosso clube a tão desejada subida à Liga de Honra agora denominada de Liga Vitalis. Um grupo de jovens apaixonados pelo Trofense resolveu criar um grupo de apoio que não seguisse o exemplo dos associados em geral que basicamente se sentam na sua cadeira e só reagem perante as adversidades.

É então assim oficializado o seu nascimento a 1 de Agosto de 2006.

Pouco a pouco este grupo foi crescendo, ganhando a confiança da direcção do clube e estando sempre presente em todos os estádios onde o Clube jogava.

Neste momento o núcleo duro ronda os trinta e cinco elementos assíduos, sendo que varia um pouco consoante a distancia da deslocação e as condições monetárias de cada um, pois para além da quota mensal para acesso no nosso estádio, temos que nos sujeitar ao bom senso, ou não, das instituições de futebol que participam na nossa Liga.

NT- Quais as iniciativas e actividades que desenvolveram ao longo da temporada passada?

CT – De um modo geral as nossas iniciativas resumem-se a dois almoços de confraternização com os nossos "irmãos" de subida, Moscaknights, claque de apoio ao clube de Olivais e Moscavide, que nos receberam com muito respeito e de braços abertos pela altura da nossa deslocação ao seu terreno, e assim foi esta a nossa forma de agradecimento organizando os já acima referidos almoços realizados na cidade da Trofa.

Quanto a actividades, há a destacar a criação de dois blogs, um afecto ao nosso clube, não oficial,(www.clubedesportivotrofense.blogspot.com) e outro para todos nós como claque,(www.ultrastrofa06.blogspot.com), ou seja, um pequeno espaço onde todos podem visualizar as nossas performances jogo a jogo através de pequenos vídeos e fotos, recordando-se assim as emoções de mais uma partida de futebol, dentro e fora do estádio.

NT – – Tem tido apoio da direcção do CD Trofense? Que tipo de apoios?

CT – Humildemente, podemos afirmar que a nossa continuidade muito se deve ao apoio da Direcção, que nos disponibilizou um autocarro gratuito, sem dúvida muito útil dado que nos jogos fora em muitas ocasiões tivemos que desembolsar valores incomportáveis já que muitos de nós são estudantes.Em suma, agradecemos o apoio por parte da Direcção.

NT- As claques são normalmente conotadas como sendo conflituosas? Concordam com esta conotação?

CT – Desde sempre se discutiu a forma de actuação de algumas claques, que sem dúvida se tornou num bode expiatório, ou seja tornou-se quase como uma identidade o vandalismo, a violência e o confronto inevitável entre claques.

Quanto a nós, somos um grupo unido que simplesmente apoia o seu clube e que faz de um jogo de futebol uma festa de cânticos, coreografias e cumplicidade entre atletas e apoiantes, passando assim ao lado dessa conotação que para alguns é merecido, mas que para nós é um exemplo a não seguir para bem do movimento Ultra nacional.

NT – Como preparam as vossas saídas para acompanhar o CD Trofense?

CT – Ao longo da semana, vamos trocando ideias entre os mais dedicados, pondo em prática essas mesmas ideias ao Sábado, preparando o material já existente para posteriormente ser exibido no estádio visitante e criando, quando necessário, frases de apoio ou até mesmo de revolta em lonas e materiais por nós adquiridos, trabalhando assim com muita dedicação e empenho pelo nosso eterno amor.

NT – Como estão a preparar a nova temporada?

CT – Quanto à próxima temporada, está neste momento a ser ultimada a nossa faixa principal, com melhor aspecto e mais resistente; novas coreografias estão a ser idealizadas e também novos cânticos bem como novas formas de adesão ao nosso grupo através da criação de panfletos apelativos. Estão a decorrer conversações no sentido de o nosso apoio se alargar a outros desportos que defendem as cores da Trofa.

Para tudo isto ser possível, não basta a nossa dedicação e empenho, pois é também imprescindível apoio de carácter monetário, estando assim o nosso grupo aberto a sugestões e possíveis apoios.