Para quem pensa que o cheque-dentista entregue às crianças não têm validade o melhor é estar atento, porque o prazo termina a 31 de Agosto deste ano.

Se os cheques não forem utilizados até essa data ficam anulados automaticamente. Mesmo que as crianças não tenham problemas nos dentes, o cheque-dentista permite fazer a limpeza e tratamentos para protecção. Em 2009 ficaram por utilizar cerca de metade dos cheques-dentista, o que corresponde a muitos milhares de tratamentos não realizados, que seriam totalmente gratuitos para o utente.

Neste momento, os cheques-dentista são entregues a crianças que frequentam escolas públicas, a grávidas, que recebem o cheque na consulta de acompanhamento na gravidez e aos idosos que recebem reformas de baixo valor.

No país há 2755 médicos dentistas que aderiram ao projecto e 4016 locais de prestação das consultas.