O I Evento 2010 do Clube Trofense de Automóveis Antigos reuniu perto de 40 clássicos num passeio até à cidade de Amarante.

Mais comuns ou verdadeiras preciosidades do mundo automóvel, os clássicos de quatro rodas concentraram-se no Parque Dr. Lima Carneiro, no domingo, para rumar a Amarante, no primeiro passeio de 2010 do Clube Trofense de Automóveis Antigos (CTAA). O evento promovido pelo clube trofense juntou perto de 40 automóveis antigos.

Rui Cruz, presidente do CTAA, explicou ao NT, momentos antes da partida, que o objectivo da iniciativa é “proporcionar aos sócios um dia de convívio e lazer, sem esquecer o aspecto cultural”, uma vez que o programa do passeio incluía uma visita pelo centro histórico de Amarante, cidade incluída na sub-região do Tâmega. Para o presidente, este passeio é também uma forma de levar “o nome da Trofa mais longe”. Nos eventos promovidos pelo clube, os entusiastas dos clássicos de quatro rodas tiveram já a oportunidade de passear “por todos os concelhos limítrofes”.

No evento de domingo participaram 40 sócios, que exibiram os seus clássicos. O automóvel mais antigo a percorrer os mais de 75 quilómetros que separam a Trofa de Amarante foi um Ford A, de 1934, que suscitava a atenção de quem passou pelo Parque Dr. Lima Carneiro. Os mais recentes automóveis a participar no passeio são da década de 80. Atendendo à idade dos carros, o clube programa uma paragem intermédia durante os passeios que promove, de forma a que os automóveis possam “retemperar forças”.

O CTAA nasceu em Outubro de 2005 e conta, actualmente, com cerca de 170 associados, que partilham entre si o gosto pelos automóveis clássicos. A próxima iniciativa do clube vai ser, precisamente, a comemoração do seu quinto aniversário.