Um espectáculo com bailado de cavalos repleto de cor, música e coreografia fizeram da Gala Equestre “Lusitânia Paixão” o evento de destaque na vertente do cavalo da Feira Anual da Trofa de 2009. A introdução da Confraria do Cavalo no certame foi uma das novidades que, a partir deste ano, passará a ser uma tradição na Feira Anual da Trofa.

“Um sucesso que ultrapassou mais uma vez as expectativas”. É este o balanço da Feira Anual da Trofa feito por Hélder Santos, vereador da autarquia e responsável pela organização dos espectáculos equestres. Para o vereador “o melhor reconhecimento do sucesso da feira reside na adesão do público” que este ano “voltou a bater os recordes”. “Tivemos um vasto conjunto de convidados e pessoas que vieram de vários países da Europa por causa dos cavalos e que saíram daqui absolutamente encantados com a Feira, com a promessa de virem novamente para o ano”, afirmou.

A gala equestre, uma das novidades da edição deste ano, foi um dos pontos de destaque do certame, que encantou o numeroso público presente no sábado à noite. “A feira precisava deste toque de ter uma gala equestre a sério que mostrasse a beleza e a nobreza do cavalo e a função que desempenhou historicamente como um dos principais motores do desenvolvimento humano”, considerou Hélder Santos, para quem “o musical equestre com bailado de cavalos foi uma demonstração clara de um espectáculo de alta qualidade e que veio dar o toque de qualidade à feira”. Encantado com os “momentos de ternura comovente e de beleza nunca antes assistidos no concelho da Trofa”, o vereador salientou a gala equestre como “a cereja em cima do bolo”.

Segundo Hélder Santos, “o espectáculo serviu também como forma de entronização da Confraria do Cavalo”, que a partir deste ano espera criar uma tradição na Feira Anual com o Cortejo da Confraria e a Gala Equestre. O vereador destacou ainda o contributo da Confraria na Feira Anual, cujo “único objectivo e grande missão” é “libertar a Feira dos ciclos políticos que são inconstantes”. “É uma instituição de pessoas que, ao longo destes sete anos, colaboraram a meu pedido na organização da Feira e que decidiram constituir associação, disponibilizando-se para, de uma forma apartidária e apolítica, manterem o know-how que se acumulou e permitirem que as pessoas no futuro tenham garantida a organização da parte equestre da feira”, sublinhou.

Destacando a Trofa como “uma das regiões de produtores de cavalos lusitanos com muito impacto no país”, Hélder Santos elogiou os criadores do concelho trofense, “muito empenhados que ‘põem o ombro ao andor’ na altura de montar a feira”. Entre eles está Manuel Maia, “criador muito conceituado que costuma tirar prémios a nível nacional”. “Mas há mais, o Engenheiro Serra Neves, o Pedro Silva, que é um criador recente mas que conseguiu chegar à Feira da Trofa e tirar um primeiro prémio contra pessoas com muita tradição e que há muitos anos andam a criar cavalos”, acrescentou.

 

Manuel Maia Correia venceu prémio de Melhor Criador

 

O criador trofense Manuel Maia Correia voltou a conquistar vários títulos no Concurso Nacional de Modelo e Andamentos, tendo arrecadado dois primeiros prémios, dois segundos, um terceiro, o título de Campeã Fêmea e ainda o galardão de Melhor Criador. “Sendo eu trofense é uma satisfação enorme ver o meu concelho consagrar um evento da criação do cavalo lusitano no quadro superior da criação do cavalo em Portugal”, afirmou Manuel Maia Correia. “Não tenho dúvidas nenhumas de que a Feira Anual da Trofa neste momento, no que concerne à vertente do cavalo, será o terceiro evento mais importante no país”, frisou. Em balanço da Feira Anual, o criador e proprietário de uma das melhores coudelarias do país referiu que “tem sido um prazer enorme, porque quem vive e sente isto, uma das coisas que mais aprecia é a qualidade, e esta feira tem crescido em quantidade e qualidade dos animais e da organização”, considerou.

Sobre as outras actividades equestres do certame, Manuel Maia Correia salientou o espectáculo da Gala Equestre. “Um espectáculo não só de cavalos mas de som, etnografia, coreografia, que muito me apraz realçar e felicitar o Sr. Engenheiro André Pôncio Carvalho, o mentor e organizador deste evento”, sublinhou.

Os jogos de horseball a contar para o campeonato nacional da modalidade e os vários espectáculos equestres foram outros eventos na área do cavalo que atraíram milhares de pessoas à Feira Anual da Trofa de 2009.