Select Page

CAT vence na hora da verdade…

CAT vence na hora da verdade…

Equilíbrio do princípio ao fim merecia dar empate… Mas, como no voleibol isso não é possível, saiu premiada a formação que melhor conseguiu gerir as emoções no derradeiro set do encontro.
Com efeito, o CAT, acabou por sair a rir do Pavilhão da Levada, pese tenha passado por grandes dificuldades ao longo de uma contenda discutida de forma intensa.

 O Sports da Madeira queria afastar o espectro invulgar de duas derrotas consecutivas (campeonato e taça) e logo no primeiro set mostrou que podia vencer o conjunto visitante. Particular, curiosamente, que o Trofa dominou até aos 20 pontos, aparecendo então a arte de Vaneska a desequilibrar as contas a favor das madeirenses (25-23).
O problema, para o lado do Sports, começou a surgir no segundo set, altura em que o CAT elevou o seu nível de jogo, fundamentalmente no tocante ao bloco, daí que a margem confortável (18-25) com que venceram este jogo acabe por espelhar fielmente os acontecimentos.
No jogo seguinte, o Sports da Madeira voltou a entrar mal, mas a recuperação levou a contenda para além dos 25 pontos, com o número 30 a afigurar-se sortudo para as donas do recinto (30-28).
Com hipótese de arrumar a questão a seu favor, as atletas de Sílvio Costa andaram a par e passo com as visitantes, só que desta feita, a recta final do Trofa acabou por ser mais forte, conduzindo o jogo para um 5.º e derradeiro set.
Para não variar, o equílibrio foi novamente uma constante. Porém, à semelhança de outros encontros, faltou algum discernimento e, porque não, um pouco de sorte para alcançar o sucesso. Com o resultado empatado aos nove pontos, o Trofa teve a felicidade de conquistar uma vantagem crucial, vencendo com o parcial de 15-11.
Deste modo, mormente o equilíbrio e a exibição globalmente conseguida, o Sports da Madeira pode ter ficado arredado do sucesso esta época.

 

Videos

Loading...

Siga-nos

1ª página da edição papel

Este site utiliza cookies para lhe oferecer uma experiência mais personalizada. Ao navegar está a permitir a sua utilização