Numa folia de cor, espuma e, como não podia faltar, confettis, o Carnaval chegou mais cedo a S. Mamede do Coronado, com 125 crianças da Escola Básica e Jardim de Infância de Feira Nova a desfilarem pelas ruas, fantasiadas de personagens do clássico “O Feiticeiro d’Oz”.
 “Nós mascarámo-nos e isso faz-nos divertir” foi a explicação do “Homem de Lata”, Martim Lopes, que se apressava para voltar ao convívio com o “exército” de outros como ele, que, neste caso particular, tiveram (e muito) “coração”. Atrás deles, um batalhão de Dorothys, vestidas como manda a trama, de azul e branco e os cabelos apanhados por dois totós, seguiam, talvez, tal como a personagem, a tentar encontrar o caminho para casa. As fadas, os leões e as bruxas completaram o figurino do desfile, dedicado a um filme que foi considerado “o melhor de todos os tempos na categoria de entretenimento familiar”.
 Assim, marcado pela diversão dos mais novos, decorria o desfile que deu vida ao Carnaval de S. Mamede do Coronado.
A organização esteve a cargo da comissão de festas do Divino Espírito Santo, com o objetivo de angariar verbas para a tradicional festa, através de um bar, instalado na garagem da residência paroquial, e pelo habitual leilão de oferendas. Segundo o presidente da comissão, Alvarim Oliveira, a organização da festa “está a decorrer com mais dificuldade” que o habitual. “Com a questão das obras no Salão Paroquial, temos alternado entre eventos para essa causa e para a festa”, explicou.
Ainda assim, Alvarim Oliveira garante à população que, apesar de “não ter conseguido angariar o pretendido até agora”, é garantido que a festa se realiza.
A comissão de festas convidou as escolas de S. Mamede a participar nesta ocasião, convite que só foi atendido pela Associação de Pais do JI e EB1 de Feira Nova, tendo a Escola de Vila recusado a convocatória. A Associação de Pais de Feira Nova encarou esta oportunidade, não só como ocasião de festa, mas também como uma oportunidade para preparar o desfile do Carnaval da Trofa, que decorre este domingo. Eugénio Lima, presidente da associação, deixou o aviso aos outros participantes: “Para a próxima semana, o nosso lema é ganhar”.