Assaltante conseguiu fugir depois de roubar um carro pelo método de carjacking, no Muro, e de ter tentado roubar um armazém de materiais de construção, em Santiago de Bougado.

Apontou uma faca a um condutor incauto, roubou-lhe o carro e seguiu em direção a um armazém, com o intuito de o assaltar. Um motorista que se apercebeu das suas intenções fechou o portão do recinto deixando-o encurralado. O assaltante pôs “prego a fundo”, fez marcha atrás, arrombou o portão e pôs-se em fuga, escapando às autoridades. Este podia ser o argumento para um novo filme de ação, mas na realidade este episódio aconteceu na Trofa, na tarde de sexta-feira, dia 3 de junho.

De acordo com fonte policial, o ladrão levou um Lancia Y10, recorrendo ao método de carjacking: apontou uma faca ao condutor que colocava água no radiador do automóvel, no lugar da Serra, no Muro, e fugiu com a viatura.

O homem dirigiu-se, depois, a um armazém de materiais de construção, na Estrada Nacional 104, em Santiago de Bougado, para, supostamente, assaltar a empresa.

No entanto, as coisas não correram como o esperado, já que um dos motoristas do armazém de materiais de construção passava na estrada naquele momento e apercebeu-se de que estava alguém no seu interior. O homem parou a viatura pesada que conduzia no meio da estrada e fechou o portão de ferro, com quase 300 quilos, fechando o assaltante, na tentativa de o encurralar. Mas o alegado assaltante não se deu por vencido e derrubou o portão, que foi projetado para o meio da estrada nacional. O indivíduo fugiu em direção à Trofa, sem, no entanto, ter consumado o crime.

A GNR da Trofa esteve no local e tomou conta da ocorrência.

 

{fcomment}