As paisagens e os montes do Alentejo serviram de pano de fundo à última etapa do Campeonato Rally Solt 2014, depois de terem passado pela Serra da Estrela e o Douro. A secção de Slot do Clube Slotcar da Trofa decidiu recuperar as provas de rally, que se encontravam fora do calendário desportivo interno desde 2008.

Fábio Azevedo, que participou nas “três provas”, assegurou que “nenhuma” lhe correu bem, mas que “a competição não lhe diz nada”, tendo concorrido “numa de brincadeira” e pelo “convívio”. “O meu principal objetivo foi reviver aquilo que tivemos no passado e que deixamos de ter. Está a correr bem, estamos todos a gostar, espero que haja e continue a haver provas destas, porque o pessoal gosta disto e estamos todos para o convívio”, declarou.

Já o jovem Rafael Costa, participou porque “gosta de andar e acha divertido”, tendo esta não sido a sua primeira prova. Rafael gosta de fazer corridas de slotcar porque é “uma forma de se divertir”, sendo da coletividade, a modalidade que “mais” gosta por ser “mais divertida e por gostar de carros”.

João Vilas Boas, Rúben Almeida e Mário Vítor foram os três primeiros classificados deste Campeonato, que contou com 18 participantes. Os carros que premiaram os vencedores foram assinados pelo piloto Armindo Araújo.

O presidente da coletividade, João Pedro Costa, afirmou que este evento foi o de “retomar algo em que já foram extremamente fortes” numa das vertentes do slotcar. Constituída por “três divisões”, o slotcar tem se “identificado muito com as 24 horas”, havendo ainda “a questão do raid e do rally”, que foi “repescada”. “Quando brincam com os carrinhos em pequenos acabam por ser em pistas muito similares a estas, mas muito mais adornadas, com pisos a imitar o asfalto, a neve e com a terra, gerindo na coletividade o gosto pelo modelismo, porque a criação é toda feita pelos associados que de prova para prova vão construindo troços que não são fixos”, adiantou.

João Pedro Costa garantiu este campeonato acaba por ser de “muito convívio”, onde se gere “espírito competitivo muito saudável” e “fomenta uma ligação entre as pessoas”, conseguindo-se “um encontro de gerações que aproxima crianças e mais velhos com mais facilidade”.

Neste momento, a coletividade está “muito empenhada” na realização da 8.ª edição das 24 horas do Clube Slotcar da Trofa, que se realizará no dia 11 de julho, no salão polivalente da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários da Trofa.