Calçado cómodo e meias macias, roupa clara e lanterna eram os requisitos para quem se aventurava pela Rota das Estrelas, uma caminhada noturna que desafiava os participantes a apreciar ruídos, as estrelas e vários locais do concelho, evitando a “poluição luminosa”. António Sá, presidente do Clube Campismo da Trofa, explicou que esta iniciativa é realizada em julho, por ser o mês em que o homem chegou à Lua. Este ano, o dia de realização foi antecipado para que coincidisse com a ExpoTrofa. A zona da estação de comboios foi, por isso, o local que serviu de ponto de partida para a caminhada, que contou com cerca de três dezenas de pessoas.

“O ano passado tivemos 120 inscrições. É bom ver o entusiasmo das pessoas. Nessa ocasião tivemos alguns estrangeiros que quiseram participar e no final estavam todos contentes, porque não conheciam a Trofa à noite”, contou António Sá.

A caminhada fez-se junto ao Rio Ave, por Santiago de Bougado, e regressou ao local de partida. Uma das particularidades desta caminhada é a possibilidade de apreciar sons e ruídos, como o da água. “Muitas vezes, com o ruído do dia a dia, nem nos apercebemos o quão é bom estarmos em silêncio”, sublinhou. 

Leia a reportagem completa na edição desta semana d’ O Notícias da Trofa, disponível num  quiosque perto de si ou por PDF.