Select Page

Caminhada e BTT para ajudar quem precisa (C/VIDEO)

Pelos que precisam, todos os passos contam. E foi por isso que muitos aceitaram o desafio de caminhar ou pedalar para apoiar aqueles que solicitam o apoio do Núcleo de Guidões da Comissão Social de Freguesia (CSF)

Pelo sétimo ano consecutivo, o Núcleo de Guidões da CSF organizou uma caminhada solidária, que, este ano, contou ainda com um Passeio de BTT, a cargo dos Tralhos BTT. Sem fins competitivos e em ambiente descontraído, esta iniciativa tinha o objetivo de angariar fundos ou bens alimentares para apoiar aqueles que mais precisam. A caminhada rendeu “254 euros, sendo depois completada até aos 300 euros por um elemento que não pôde estar presente, e mais alguns bens alimentares”, adiantou Manuel Araújo. O coordenador do Núcleo de Guidões contou que, com esta iniciativa, “tentam angariar fundos por aqueles que mais precisam”, sendo esta “a missão” do Núcleo. E como notaram que “dentro da comunidade” havia “muita gente a andar de bicicleta”, decidiram “convidá-los” para participar nesta iniciativa, para que o grupo se tornasse “maior, divulguassem a caminhada” e ajudadassem quem precisa. “Quanto mais pessoas participarem, melhor para aqueles que precisam de nós. Esta iniciativa é para termos uma retaguarda mais ou menos segura, para estarmos preparados para uma eventual precaridade que apareça e tenhamos que ajudar”, reforçou, mencionando que “pagam medicação, alimentos e, às vezes, rendas da casa das pessoas que estão aflitas”.
O Núcleo de Guidões da CSF agradece a todos aqueles que tornaram possível a organização deste evento solidário, como “a Joaquim Couto, que acompanhou com a carrinha de apoio, aos Tralhos BTT, que organizaram o percurso de bicicleta, e à empresa que se encontra instalada na pedreira, pela amabilidade prestada, não só pelos bens deixados à comissão, como também pela amabilidade em ceder a passagem pelo seu espaço”.
Já Adelino Maia, presidente da Junta de Freguesia de Alvarelhos e Guidões, destacou que o Núcleo de Guidões da CSF “se empenha bastante” e “está sempre atento a estes pormenores”. “Vão fazendo estes eventos para que haja uma caixa para socorrer os que precisam. Hoje, é uma caminhada solidária onde todos vão caminhar, conversar um bocadinho e ajudar aqueles que nos parecem que precisam” declarou.

Videos

Loading...

Siga-nos

1ª página da edição papel

Este site utiliza cookies para lhe oferecer uma experiência mais personalizada. Ao navegar está a permitir a sua utilização