O primeiro-ministro, José Sócrates, apadrinhou a apresentação do centro de atendimento da Portugal Telecom e destacou a importância do investimento, orçado em cinco milhões de euros, "para Santo Tirso e Vale do Ave".

 Santo Tirso vai poder diminuir em 25 por cento o número de desempregados no concelho, com o novo centro de atendimento da Portugal Telecom. Ao todo são 1200 postos de trabalho disponíveis no Call Center da PT, instalado em terreno da autarquia, próximo do centro da cidade, uma condição da PT, que queria algo próximo de todos os serviços.

O primeiro-ministro José Sócrates apadrinhou a apresentação deste projecto e destacou a importância deste investimento, orçado em cinco milhões de euros, "para Santo Tirso e Vale do Ave".

Sócrates referiu que o "Vale do Ave já passou por uma mudança muito importante na nossa economia e olha para o futuro com vontade de resolver os problemas", justificando esta visão com os "bons exemplos" dos empresários locais que "modernizaram as suas fábricas" e dirigem empresas "do mais competitivo que há no mundo".

A cerimónia contou com a assinatura de dois protocolos, um entre a PT e a Câmara Municipal de Santo Tirso e o outro entre a PT e o Instituto de Emprego e da Formação Profissional. O último vai definir os métodos de recrutamento dos trabalhadores, privilegiando as empresas que estabeleçam contratos de trabalho de longa duração. Será dada a prioridade a candidatos que tenham completado o 12º ano de escolaridade, garantindo desta forma a contratação de emprego qualificado.

Com uma área total de 3700 metros quadrados, a nova estrutura vai albergar serviços de atendimento ao cliente a apoio técnico destinado aos clientes de Internet de banda larga Sapo ADSL, do Meo (serviço de televisão interactiva da PT), da banda larga móvel da TMN e dos serviços da PT para o segmento empresarial.

O centro, que deverá entrar em funcionamento dentro de 10 meses, vai contar com 600 posições de atendimento a clientes, o que representa cerca de 1200 postos de trabalho qualificado.

Castro Fernandes, edil tirsense, estava satisfeito com este novo investimento para o concelho, afirmando que a instalação do Call Center representa "uma medida excepcional" na "luta sem tréguas" que é o combate ao desemprego". O autarca local considerou tratar-se de "um momento muito importante para o futuro do concelho, que vai permitir a fixação de muitos jovens quadros".

Sobre a presença de José Sócrates na cerimónia de apresentação, o edil referiu que "é um sinal muito positivo do interesse que o primeiro-ministro dedica à região e aos seus problemas do emprego e do trabalho".

"O trabalho é uma questão fulcral para todos, o primeiro-ministro ouviu a mensagem e está a dar resposta", afirmou Castro Fernandes, que não deixou também de elogiar a administração da PT pelo "interesse que dedicou a Santo Tirso".

Garantindo que "Santo Tirso não está parado", Castro Fernandes afirmou que no concelho está "algum do melhor têxtil e vestuário que há no mundo", mas também "muitas indústrias alternativas noutras áreas, como os plásticos, o turismo e a saúde".

Actualmente, a PT conta com 30 centros de relacionamento com clientes em Portugal, num total de 4400 pontos de atendimento e de 7 mil colaboradores.