O Bougadense somou a primeira vitória fora de portas, esta temporada, depois de cinco jogos sem vencer, o que lhe permitiu subir na tabela classificativa, para a décima segunda posição. Com o golo apontado nesta partida, João Paulo destacou-se na lista de melhores marcadores do emblema de Santiago de Bougadense, com quatro tentos.

  Doze minutos adicionais e muita contestação marcaram o jogo da décima quinta jornada da Divisão de Honra da Associação de Futebol do Porto (AFP) e que opôs Bougadense e Valonguense e que terminou com um triunfo do conjunto liderado por Renato Pontes, por 1-2. Os adeptos que se deslocaram ao Estádio do Calvário não ficaram satisfeitos com a exibição do árbitro Carlos Dias (que mostrou cinco vermelhos!) e não se inibiram de mostrar a sua contestação com apupos e agressões, obrigando à intervenção da polícia.

Deste cenário salvam-se alguns minutos de bom futebol praticado pelas duas equipas, especialmente pelo Valonguense, que nunca desistiu de arrecadar pontos no próprio reduto.

O primeiro lance de perigo da partida foi protagonizada pela equipa da casa, com um remate de Vitinha que saiu um pouco por cima do travessão. O mesmo jogador, que até estava a ter um rendimento positivo, manchou a sua exibição, quando foi expulso aos 21 minutos, por acumulação de amarelos, deixando a sua equipa em inferioridade numérica.

O Bougadense aproveitou o facto de estar a jogar com mais um para intensificar as investidas ofensivas e conseguiu chegar ao golo, por intermédio de Luís Carlos, que rematou, a meia distância, para o fundo das redes de Moisés, que foi traído pelo "golpe de vista".

A partir do tento inaugural o Valonguense apostou no ataque, retirando o defesa Pedro Lopes para a entrada do atacante Tanque e até teve várias oportunidades que não conseguiu concretizar, ou por falta de clarividência na finalização ou por acção do guarda-redes Nuno, que, chamado pela primeira vez para substituir Vila Cova, não desiludiu.

Na segunda parte o conjunto caseiro continuou a pressionar, com o intuito de chegar com um perigo junto da baliza defendida por Nuno e, depois de ter visto o esférico embater na trave e uma excelente defesa de Nuno, chegou ao golo da igualdade aos 84 minutos. Tanque, na sequência de um pontapé de canto, aproveitou a falha de marcação da defensiva do conjunto de Santiago de Bougado, para empatar a partida, quando as duas equipas jogavam novamente em igualdade numérica, fruto da expulsão de Luís Carlos, aos 79 minutos.

O Bougadense, mesmo não conseguindo dominar na posse de bola, ia importunando com contra-ataques perigosos de João Paulo e Serginho e num deles conseguiu mesmo chegar novamente à vantagem, quando já passavam cinco minutos para além dos 90 regulamentares. João Paulo, assistido pelo número 10 bougadense, rematou para o fundo da baliza, fixando a vantagem até ao final da partida, que ficou marcada por mais três expulsões. Vital viu o cartão vermelho directo, assim como o guarda-redes suplente Alex (por protestos) e Hélder foi admoestado com segundo amarelo, quando o jogo já tinha 101 minutos.

No final da partida, os adeptos do Valonguense tentaram agredir a equipa de arbitragem, que foi escoltada pela polícia até aos balneários.

O Bougadense somou a primeira vitória fora de portas, esta temporada, depois de cinco jogos sem vencer, o que lhe permitiu subir na tabela classificativa, para a décima segunda posição. Com o golo apontado nesta partida, João Paulo destacou-se na lista de melhores marcadores do emblema de Santiago de Bougadense, com quatro tentos.

A Divisão de Honra da AFP vai parar e só volta em 2008, no dia 6 de Janeiro, com o Bougadense a receber o Ataense, no Parque de Jogos da Ribeira.

 

"Vitória importante num relvado em mau estado"

Depois de cinco jogos sem triunfar, o Bougadense conseguiu finalmente reencontrar o caminho das vitórias. Renato pontes afirmou que esta primeira vitória fora de casa foi "muito importante nesta altura da vida do Bougadense, na qual o clube tem atravessado um momento conturbado".

O técnico admitiu que a equipa foi feliz no resultado que conquistou, mas também não deixou de valorizar o trabalho da equipa, que teve que se adaptar ao "relvado que estava em péssimas condições". Houve momentos em que o Valonguense "conseguiu superiorizar-se", mas a entrada de Serginho e João Paulo conseguiu com que a equipa "desenhasse também alguns lances de perigo".

Questionado sobre a exibição da equipa de arbitragem, Reanto Pontes referiu que esta se "descontrolou", a partir do lance da expulsão de Vitinha, na primeira parte: "com a pressão, o árbitro começa a compensar a equipa com faltas e cartões amarelos aos jogadores adversários, injustamente".

 

Jogo: Estádio do Calvário

Valonguense: Moisés, Pedro Lopes, Nuno, Vital, Baresi, Alemão, Vitinha, Mário, Hélder Pinto, Carlos e Amaro

Treinador: Paulo Alexandre

Bougadense: Nuno, Hélder, Flávio, Lírio, Daniel Conde, Ricardo Sá, Alexis, Pinto, Pedro Costa, Luís Carlos e Paulinho

Treinador: Renato Pontes

Árbitro: Carlos Dias auxiliado por Diogo Leal, Bruno Costa e Sérgio Ribeiro

Cartões Amarelos: Vitinha (12' e 21'), Hélder (13' e 90'+11'), Luís Carlos (39' e 79'), Mário (58'), Flávio (66'), Pinto (68'), Moisés (90'+5'), Nuno (90'+7')

Cartões Vermelhos: Vitinha (21'), Luís Carlos (79'), Vital (90'+8), Alex (90'+10') e Hélder (90'+11')

Marcadores: Luís Carlos (31'), Tanque (84') e João Paulo (90'+5')

Resultado ao intervalo: 0-1

Resultado final: 1-2

 

Resultados 15ª jornada

Alpendorada 3-2 Coimbrões

Sra Hora 1-1 Perosinho

Candal 1-0 Perafita

Arcozelo 3-2 Canidelo

Vilanovense 1-2 Avintes

Ataense 3-1 Rio Tinto

Valonguense 1-2 Bougadense

Várzea Douro 2-1 Sousense

Pedrouços 3-1 Ermesinde

 

Próxima Jornada (06-01-2008)

Avintes-Arcozelo

Bougadense-Ataense

Canidelo-Candal

Ermesinde-Várzea Douro

Pedrouços-Coimbrões

Perafita-Sra Hora

Perosinho-Alpendorada

Rio Tinto-Vilanovense

Sousense-Valonguense

 

Classificação

  1. Alpendorada – 35 pontos

  2. Coimbrões – 33 pontos

  3. Candal – 30 pontos

  4. Arcozelo – 28 pontos

  5. Ataense – 27 pontos

  6. Avintes – 22 pontos

  7. Valonguense – 22 pontos

  8. Perosinho – 22 pontos

  9. Sousense – 19 pontos

  10. Rio Tinto – 19 pontos

  11. Pedrouços – 18 pontos

  12. Bougadense – 18 pontos

  13. Sra Hora – 17 pontos

  14. Canidelo – 15 pontos

  15. Perafita – 14 pontos

  16. Várzea Douro – 13 pontos

  17. Vilanovense – 10 pontos

  18. Ermesinde – 2 pontos