Ana Soares foi a árbitra e não foi apenas protagonista da partida por ser mulher, mas por avaliar um lance polémico que levou à vitória do Perafita sobre o Bougadense. A equipa de Santiago de Bougado continua na zona de despromoção.

bougadense-ataense1.jpgEstá difícil para o Bougadense escapar dos lugares de despromoção da Divisão de Honra da Associação de Futebol do Porto. Na vigésima quarta jornada, o conjunto de Santiago de Bougado viajou ao reduto de Perafita e não evitou o desaire por duas bolas a zero, naquele que foi um jogo diferente, porque foi apitado não por uma equipa de arbitragem feminina. E foi mesmo a árbitra, a protagonista da partida, ao validar um golo ao Perafita envolto de polémica e contestação por parte da equipa do Bougadense. O técnico Renato Pontes mostrou-se muito insatisfeito com a exibição de Ana Soares e acusou-a de "incoerência" na avaliação dos lances o resultado e ao não assinalar uma carga sobre Vila Cova dentro da grande área. Gomes foi o autor do tento, que levou ainda à expulsão de Virgílio. "É o lance que determina a partida. Nota-se claramente que é um lance ilegal, mas percebeu-se que ela queria ser protagonista do jogo" O técnico refeiru anda que Ana Soares só apontava "faltas para uma parte" e sublinhou que a AF Porto "tem que estar atenta a estas situações".

O outro golo do Perafita foi marcado aos 77 minutos, por Telmo, numa altura em que o Bougadense já não estava na máxima concentração.

"Fomos superiores na primeira parte e podíamos ter feito o golo, mas não conseguimos. Na segunda parte aquele lance acabou por condicionar o resto da partida", sublinhou.

Com este resultado a equipa de Santiago de Bougado continua a ocupar o antepenúltimo lugar, com 23 pontos, mas mantém-se a uma margem pequena dos lugares que garantem a manutenção, já que o Senhora da Hora empatou e está na linha de água, com 26 pontos.

Canidelo é o prócimo adversário do conjunto de Renati Ontes no próximo domingo, num jogo que se realiza no Parque de Jogos da Ribeira. Esta equipa ocupa o décimo segundo lugar, com 28 pontos, em iguladade pontual com o Perafita e o Várzea do Douro,o último que foi goleado pelo líder do campeonato, Alpendorada, que agora tem 58 pontos, mais três que o Coimbrões.

Ermesinde é o "lanterna vermelha", com apenas nove pontos, atrás de Vilanovense, com 15 pontos.

Jogo: Estádio do FC Perafita

Perafita: Manuel, Osvaldo (João 45'), Gomes, Hélder Maia, Serrão, Macarra, Trajano, Delfim (Chaves 86'), Luís (Telmo 72'), Paulinho e Tinaia

Treinador: Mário Barros

Bougadense: Vila Cova, Mó, Flávio, Ricardo Sá (Hélder 85'), Ricardo Costa (Serginho 58'), Paulinho, Lírio, Henrique, Virgílio, Ramalho (João Paulo 70') e Luís Carlos

Treinador: Renato Pontes

Árbitra: Ana Soares, auxiliada por Sílvia Silva, Luciana Oliveira e Patrícia Azevedo

Cartões Amarelos: Ricardo Sá (59'), João (69'), Macarra (71') e Trajano (85')

Cartão Vermelho: Virgílio (59')

Marcadores: Gomes (59') e Telmo (77')

Resultado ao intervalo: 0-0

Resultado final: 2-0

Resultados 24ª jornada

Arcozelo 3-0 Vilanovense

Candal 0-0 Ataense

Sra Hora 1-1 Valonguense

Alpendorada 4-0 Várzea Douro

Coimbrões 5-0 Ermesinde

Perosinho 2-1 Sousense

Perafita 2-0 Bougadense

Canidelo 2-1 Rio Tinto

Avintes 0-0 Pedrouços

Próxima jornada (03-03-2008)

Pedrouços-Arcozelo

Vilanovense-Candal

Ataense-Sra Hora

Valonguense-Alpendorada

Várzea Douro-Coimbrões

Ermesinde-Perosinho

Sousense-Perafita

Bougadense-Canidelo

Rio Tinto-Avintes

Classificação

01. Alpendorada – 58 pontos

02. Coimbrões – 55 pontos

03. Ataense – 48 pontos

04. Arcozelo – 44 pontos

05. Candal – 41 pontos

06. Valonguense – 39 pontos

07. Sousense – 38 pontos

08. Avintes – 33 pontos

09. Pedrouços – 31 pontos

10. Perosinho – 30 pontos

11. Perafita – 28 pontos

12. Canidelo – 28 pontos

13. Várzea Douro – 28 pontos

14. Sra Hora – 26 pontos

15. Rio Tinto – 24 pontos

16. Bougadense – 23 pontos

17. Vilanovense – 15 pontos

18. Ermesinde – 9 pontos