Uma das razões que pode estar na origem do desaire é a semana conturbada da equipa depois do empate em casa com o Pedrouços a duas bolas. Para além de desfalcada (apresentava cinco juniores no banco de suplentes) o plantel atravessa um momento de intranquilidade face ao lugar que ocupa.

   Depois da chicotada psicológica que sofreu com a saída do treinador e de sete atletas, o Bougadense não conseguiu evitar um desaire no terreno do Sousense, sobre as ordens de Agostinho Lima. O treinador do escalão de juniores do emblema de Santiago de Bougado foi convidado a trabalhar no plantel principal, depois da saída inesperada de Renato Pontes do comando técnico, e levou consigo alguns jogadores jovens para suprir a ausência de Mó, Pinto, Luís Carlos, Vila Cova, Lírio, Henrique e Queirós, todos dispensados do clube pela direcção liderada por Adalberto Maia.

Uma das razões que pode estar na origem do desaire é a semana conturbada do plantel, depois do empate em casa com o Pedrouços a duas bolas. A equipa, para além de desfalcada (apresentava cinco juniores no banco de suplentes) atravessa um momento de intranquilidade face ao lugar que ocupa. O Sousense conseguiu aproveitar as fragilidades físicas e psicológicas do adversário para vencer e somar os três pontos.

A formação caseira só conseguiu chegar à vantagem na segunda parte, aos 58 e 63 minutos, com golos de João Cunha e Vítor Hugo, respectivamente.

Já com três juniores dentro de campo, Vítor Hugo, Pedro Ferreira e Magalhães, que entraram de uma assentada, aos 70 minutos, para os lugares de Hélder, Serginho e Ramalho, Agostinho Lima viu a sua equipa ser incapaz de reagir à desvantagem e somou uma derrota que coloca o Bougadense em "maus lençóis".

Esta foi a vigésima nona jornada e faltam apenas cinco para o término do campeonato da Divisão de Honra da Associação de Futebol do Porto.

O Bougadense continua a três pontos da linha de água (tem 27), ocupada por Senhora da Hora, que por sua vez está com os mesmos pontos que o Rio Tinto, equipa que inicia a zona de despromoção.

Os homens de Santiago de Bougado recebem, na próxima ronda, o Ermesinde, equipa que já desceu à primeira divisão distrital. Viaja depois ao reduto do Várzea do Douro (está acima do Senhora da Hora com mais três pontos) e joga em casa com o Valonguense, equipa teoricamente mais difícil até ao final da temporada. Na última jornada o clube bougadense viaja a Vila Nova de Gaia para defrontar o Vilanovense.

Em declarações ao NT, Agostinho Lima evidenciou o trabalho dos jogadores numa altura difícil: "Tivemos algumas limitações físicas, face a alguns jogadores que já não jogavam há algum tempo e tivemos que recorrer aos juniores. Sofremos um golo e com a desvantagem ficou tudo mais complicado, porque o Sousense é uma equipa mais tranquila que a nossa. O nosso grupo está sobre pressão, mas tivemos força e foi um jogo digno".

A vitória do Sousense, segundo o treinador, "é justa" e a equipa de arbitragem "esteve excelente".

Agostinho Lima não prometeu a manutenção, apenas comprometeu-se a trabalhar, "a lutar até ao fim".

 

Jogo: Parque de Jogos 1º de Dezembro

Sousense: Ivo, Salvador, Vítor Hugo, Zé Augusto, Nelson (Palheira 85'), Bruno Cunha, João Cunha (Vitinha 74'), Diogo, Fredy (Barbosa 67'), Paulinho e Timóteo

Treinador: Augusto Monteiro

Bougadense: Nuno, RD, Flávio, Hélder (Vítor Hugo 70'), Serginho (P. Ferreira 70'), Paulinho, Fábio, Virgílio, Pedro Costa, Ramalho (Magalhães 70') e Miguelito

Treinador: Agostinho Lima

Árbitro: Bruno Rodrigues, auxiliado por Bruno Ribeiro, Roberto Marques e Paulo Silva

Marcadores: João Cunha (58') e Vítor Hugo (63')

Resultado ao intervalo: 0-0

Resultado final: 2-0

 

 

Resultados 29ª jornada

Pedrouços 2-2 Senhora Hora

Candal 2-1 Alpendorada

Arcozelo 3-3 Coimbrões

Vilanovense 1-2 Perosinho

Ataense 2-2 Perafita

Valonguense 2-1 Canidelo

Várzea Douro 0-0 Avintes

Ermesinde 0-3 Rio Tinto

Sousense 2-0 Bougadense

 

Próxima jornada (20-04-2008)

Alpendorada-Senhora Hora

Coimbrões-Candal

Perosinho-Arcozelo

Perafita-Vilanovense

Canidelo-Ataense

Avintes-Valonguense

Rio Tinto-Várzea Douro

Bougadense-Ermesinde

Sousense-Pedrouços

 

Classificação

  1. Coimbrões – 64 pontos

  2. Alpendorada – 60 pontos

  3. Ataense – 55 pontos

  4. Arcozelo – 54 pontos

  5. Candal – 53 pontos

  6. Sousense – 46 pontos

  7. Valonguense – 46 pontos

  8. Avintes – 41 pontos

  9. Perosinho – 39 pontos

  10. Canidelo – 37 pontos

  11. Pedrouços – 36 pontos

  12. Perafita – 34 pontos

  13. Várzea Douro – 33 pontos

  14. Senhora Hora – 30 pontos

  15. Rio Tinto – 30 pontos

  16. Bougadense – 27 pontos

  17. Vilanovense – 20 pontos

  18. Ermesinde – 13 pontos