O Bougadense começou o campeonato da Divisão de Honra da Associação de Futebol do Porto com um empate diante o Arcozelo a zero bolas. Apesar de não ter conseguido o melhor resultado, em dia de inauguração do relvado sintético, a equipa de Santiago de Bougado apresentou bom futebol.

O conjunto de Renato Pontes foi o mais forte nos noventa minutos, pecando apenas na finalização. Ricardo Sá foi o primeiro a protagonizar lances de perigo, aos cinco minutos, num remate que saiu por cimbougadense_arcozelo2.jpga.

Para além do médio, que teve mais algumas oportunidades desperdiçadas, também Serginho, Paulinho e Yano dispuseram de grandes lances para visar a baliza adversária. Já o guarda-redes bougadense Vila Cova não teve muito trabalho durante o jogo, fruto do desacerto ofensivo do Arcozelo.

Renato Pontes, no final da partida, estava muito satisfeito com o desempenho dos atletas: "Podíamos ter vencido o jogo, porque a minha equipa foi superior durante o decorrer da partida. Se continuarem assim, a fazerem apenas o que fazem nos treinos já fico muito satisfeito", afirmou.

Já Alfredo Mendes, técnico do Arcozelo, referiu que o Bougadense "está mais forte do que o ano passado" e considerou o resultado "justo".