O Circuito Vasco Sameiro em Braga, recebeu no passado fim de semana mais uma jornada da velocidade portuguesa. Sob um calor abrasador, as máquinas foram evoluindo ao longo do traçado perante o olhar atento do público que marcou presença em bom número.

Foram muitas as corridas que se disputaram ao longo dos dois dias com especial destaque para os clássicos, onde os homens da Trofa estiveram soberbos ao conquistarem duas vitórias pela mão de Rui Azevedo e de Rui Alves que subiu duas vezes ao pódio. Começando pelos Clássicos 1300, Azevedo esteve simplesmente imparável. Na 1ª corrida ao volante de um Ford Escort GT largou da 3ª posição e fruto de um arranque simplesmente genial ascendeu à 1º posição e não mais saiu de lá conquistando a vitória sem grande oposição.

Enquanto Rui Azevedo passeava a sua classe, a disputa pelos restantes lugares do pódio foi tremenda, com 4 pilotos a lutarem entre si e a proporcionarem inúmeras ultrapassagens para gáudio do público. No final Vítor Araújo em Datsun 1200 foi segundo e Miguel Ferreira fechou o pódio ao volante de um Ford Escort GT.

A 2ª corrida foi mais do mesmo com Rui Azevedo a sair “disparado” da grelha de partida e carimbar a 2ª vitória do dia com mais de 20 segundos de avanço para Miguel Ferreira. Na Taça Nacional de Clássicos onde milita Rui Alves, Carlos Barbot impôs os muitos cavalos do fabuloso Lola T70 e venceu as duas corridas com aparente facilidade. Rui Alves ao volante de fantástico Ford Escort RS terminou em terceiro logo atrás do famalicense Luis Barros num não menos espetacular Porsche 930 Turbo. Na 2ª corrida inverteram-se as posições com Alves a suplantar Barros e a subir ao 2º degrau do pódio. 

No Iberia Supercars Trophy onde “passeiam” autênticos carros de sonho preparados para competição, a vitória sorriu a César Campaniço /Carlos Vieira num Audi R8 LMS GT3 sendo secundado pelo Ferrari 430 GT2 de João Figueiredo / Alessandro Guidi tendo Patrick Cunha/ José Ramos num Lamborghini Gallardo LP600 fechado o pódio. Na 2ª corrida inverteram-se as posições entre os dois primeiros da 1ª corrida enquanto António Nogueira num Porsche 997 GT3 R terminou no lugar mais baixo do pódio.

Miguel Mascarenhas
Marco Monteiro

 {fcomment}