Ao vencer o Rali Targa/Serra da Freita disputado no passado sábado, o trofense Jorge Carvalho conquistou a segunda vitória consecutiva no campeonato Open de Ralis e pode se sagrar campeão.

Jorge Carvalho, que navega António Rodrigues, conquistou a segunda vitória consecutiva no campeonato Open de Ralis, a terceira da época, ao vencer sem grande aperto da concorrência. Exceto na primeira especial, onde Pedro Peres (Mitsubishi Lancer) ainda deu um ar da sua graça, mas um furo deitou por terra qualquer esperança em conseguir um bom resultado. Ainda a tomar o pulso à nova viatura, um espetacular Citroën Saxo S1600, a dupla António Rodrigues/Jorge Carvalho vão cimentando a liderança do campeonato, tendo agora 106 pontos contra os 72 do 2º classificado Renato Pita.

Chegada ao fim a fase do asfalto, é agora a vez de serem disputados os ralis de terra, menos favoráveis ao Citroën de apenas duas rodas motrizes face aos Mitsubishi de tração integral. Mas o fosso cavado para o 2º lugar deverá ser suficiente para que no final do campeonato seja possível aos pilotos de Murça e da Trofa, respetivamente, levantarem o “caneco” de campeões.

Daniel Nunes (Mitsubishi Lancer) aproveitou bem o furo de Peres e sem possibilidades de apanhar Rodrigues, controlou o piloto do Porto atrás de si até ao fim e conquistou o 2º lugar.

De referir o regresso do piloto trofense Paulo Azevedo, ao volante do seu Ford Escort RS que, apesar de se encontrar um pouco “enferrujado”, ainda conseguiu um excelente 2º lugar entre os clássicos logo atrás do espanhol German Gomez, num fantástico Porsche Carrera.

Pouca sorte teve Jorge Carvalho sénior, que navega Diogo Gago, no Troféu Fastbravo. Uma violenta saída de estrada logo na 1ª especial deixou o pequeno Seat Marbella um pouco desfigurado. Apesar da desistência, Jorge Carvalho ainda mantém a liderança no troféu.

Miguel Mascarenhas
Marco Monteiro

{fcomment}