Na noite de sexta-feira todos os caminhos foram dar ao Pavilhão Multiusos de Gondomar para ver e ouvir os Brit Floyd. Nascida em Liverpool, em 2011, esta banda dedica-se a atuações ao vivo exclusivamente dedicada a covers que recriam de forma irrepreensível os clássicos maiores de David Gilmour, Roger Waters, Rick Wright, Nick Mason e Syd Barrett.

Depois de terem passado por Lisboa em 2013 com a digressão P-U-L-S-E 2013 o colectivo liderado pelo músico Damian Darlington, voltou a terras lusas com a Discovery World Tour 2014, complementando a passagem a norte com a atuação na capital.

Com uma óbvia pontualidade britânica, o espetáculo iniciou-se às 21:30, altura em que se apagaram as luzes e uma Intro se iniciou, com uma série de vídeos que se foram sucedendo, antecedendo a entrada pausada dos vários músicos que iam fazendo pequenos solos.

Em palco, 11 exímios músicos, precisos nos detalhes e na capacidade de transportar o público para as dimensões cósmicas inventadas pelos Pink Floyd. Durante mais de duas horas de concerto escutaram-se temas como Shine On You Crazy DiamondLearning to FlyHigh HopesChildhood’s EndThe Happiest Days of Our LivesAnother Brick in the Wall,Fat Old SunSorrow e Pigs. Num espetáculo com uma estrutura muito bem definida, com duas partes, direito a um intervalo de vinte minutos e um encore, músicas como Astronomy Domine Money, Young Lust, Take It Back, Get Your Filthy Hands Off My Desert, Wish You Were Here, One of These Days, Comfortably Numb e Run Like Hellcomplementaram o alinhamento.

Com uma enorme legião de fãs dos Pink Floyd a encher o Pavilhão Multiusos de Gondomar, este era um espetáculo destinado ao sucesso. Várias gerações cantaram os refrões dos hits maiores da mítica banda inglesa. A construção cénica, as animações e os jogos de luzes alinharam-se para criar uma cuidada atuação que se não consegue estar à escala dos verdadeiros Pink Floyd, não é por falta de dedicação, mas porque os Floyd originais estão num patamar maior e inatingível. Fica no entanto, a atuação irrepreensível dos Brit Floyd em mais uma noite de homenagem.

Texto: Joana Vaz Teixeira
Fotos: Miguel Pereira

Fotogaleria (clica nas imagens para aumentar)
{phocagallery view=category|categoryid=83}