Uma das intenções do grupo de Ex-combatentes do Ultramar da Trofa ao desenhar uma bandeira era a identificação nos eventos em que estão representados. Mais tarde, o simbolismo foi reforçado com a ideia de a utilizar em cerimónias fúnebres em jeito de “homenagem”. E foi para dar a conhecer esta nova função da bandeira do grupo que Abel Ferreira e Américo Azevedo puseram pés a caminho para anunciar a disponibilidade de a levar, a título gracioso, aos eventos solicitados por “qualquer um dos ex-combatentes residentes no concelho”. “Faça ou não parte do grupo, queremos dizer que esta bandeira está disponível para todos, desde que tenhamos conhecimento”, referiu ao NT Abel Ferreira, que deu ainda conta de que “o armador da Trofa também já sabe desta intenção”.
Além de uma bandeira que serve de estandarte, o grupo tem ainda uma outra, maior, que pode cobrir uma urna, caso seja esse o desejo do ex-combatente ou família. “Queremos homenagear os nossos camaradas”, sublinharam.
Os interessados em utilizar a bandeira nalguma cerimónia podem contactar a Agência Funerária Trofense, a Funerária Ribeirense ou então Abel Ferreira (919 469 602) e Américo Azevedo (913 535 488).