semana-floresta-autoctone 

Fomentar a educação ambiental, dar a conhecer e proteger a floresta local e ao mesmo tempo alertar as crianças e jovens para a importância da conservação da natureza são os objectivos da Semana da Floresta Autóctone 2009, que vai decorrer entre 16 e 17 de Novembro.

A Câmara Municipal da Trofa, liderada por Joana Lima, não deixou passar em branco o Dia Mundial da Floresta Autóctone no concelho, dedicando várias iniciativas ao tema. Um dos destaques da iniciativa é a sessão de Divulgação dos Resultados da 10ª Campanha de Vigilância Móvel, marcada para 16 de Novembro, às 18.30 horas, no Salão Nobre dos Bombeiros Voluntários da Trofa. Esta acção contará com a presença das várias entidades envolvidas no projecto e vai divulgar os valores anuais e distribuição espacial de ocorrências e área ardida. A tarde será dedicada a avaliar a eficácia das brigadas de detecção e primeira intervenção.

Autarquia oferece espécies autóctones

No dia 17 de Novembro a Câmara Municipal da Trofa oferece espécies autóctones entre as 10 e as 18 horas, no Horto Municipal. Assim, ao dispor dos munícipes interessados estarão espécies autóctones da região como o Carvalho Nacional, o Loureiro, o Pinheiro Manso, Freixo, Bétula, Medronheiros e Azevinho. Com esta oferta de espécies autóctones às escolas, munícipes e proprietários florestais, a autarquia procura reforçar e incentivar a utilização de espécies folhosas nos espaços verdes e florestais do concelho.

Sensibilizar a população para a necessidade de reflorestar a região e os mais jovens para a preservação da floresta são os grandes propósitos destas iniciativas, na medida em que recorde-se, o concelho da Trofa tem uma grande densidade florestal.