Reutilizar manuais escolares para que estes sejam utilizados por outros alunos noutros anos letivos é o objetivo do Projeto Muito + que a autarquia está a desenvolver.

O Projeto Muito + pretende “sensibilizar alunos, encarregados de educação e professores para abraçarem uma nova filosofia e fundarem um novo paradigma de cidadania”, adiantou fonte da autarquia.

A Câmara Municipal da Trofa criou este plano de reutilização de manuais escolares com base na filosofia do “aproveitamento, poupança e defesa do meio ambiente”. Esta iniciativa engloba alguns princípios básicos como “liberdade e espontaneidade, universalidade, reciprocidade, gratuitidade, confidencialidade e responsabilidade”.

Numa primeira fase, serão abrangidos pelo projeto os alunos do 1º Ciclo do Ensino Básico e no próximo ano os “restantes níveis de ensino”.

No arranque deste ano letivo, “todos os alunos inscritos nas escolas públicas do 1º Ciclo do Ensino Básico do concelho são comvidados a integrar o Projeto Muito +” de forma voluntária e gratuita. Caso pretendam aderir a esta inovação os “alunos e respetivos encarregados de educação” terão de comprometer-se a darem “um bom uso aos manuais que a autarquia irá oferecer”. No final do ano letivo, “os alunos serão convidados a entregar os manuais, em pontos de recolha pré-definidos, sendo que os mesmos serão classificados e catalogados, para a entrega no ano letivo seguinte a outros alunos”, adiantou fonte da autarquia.

A autarquia salientou que “os manuais recolhidos que entretanto ficarem desatualizados para o sistema de ensino português serão oferecidos a bibliotecas escolares e/ou enviados para comunidades desfavorecidas de língua oficial portuguesa (PALOP – Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa)”.

Como este é um projeto pioneiro na região Norte, a autarquia pretende acompanhar o desenrolar do mesmo, ao longo do ano, com o objetivo de tentar colmatar algumas falhas que possam surgir, a fim de melhorar este plano.

 

{fcomment}