Os presidentes das Câmaras Municipais da Trofa, Sérgio Humberto, da Maia, Bragança Fernandes e de Vila Nova de Famalicão, Paulo Cunha, convocaram uma conferência de imprensa conjunta, para esta tarde, 8 de abril, sobre o Plano Estratégico Rodoviário e de Infraestruturas Nacional, nomeadamente sobre a questão da variante à EN14, tornada pública hoje pelo Governo.

Na sessão, os autarcas declararam que a solução proposta de substituição do atual projeto à Variante à EN14 por “uma intenção de melhoria de acessibilidades na EN14 entre Vila Nova de Famalicão e Maia”, orçamentada em “20 milhões de euros, é manifestamente insuficiente”.

Os presidentes admitem, face ao projeto inicialmente traçado, “uma redução do perfil da variante e a sua execução faseada, o que reduziria substancialmente o valor de investimento necessário”, segundo consta no documento entregue aos órgãos de comunicação social presentes.

Reportagem alargada na próxima edição do jornal O Notícias da Trofa, nas bancas esta quinta-feira.