quant
Fique ligado

Edição 462

Associados aprovam contas do Clube Slotcar da Trofa

Publicado

em

Os associados do Clube Slotcar da Trofa reuniram-se em Assembleia-Geral Ordinária, que decorreu no dia 24 de fevereiro.

Na reunião foram apresentados e aprovados o Balanço e Relatório e Contas do exercício de 2013, que refletiram “um prejuízo de 692,91 euros”. Na apresentação das contas, João Pedro Costa, presidente da direção, declarou que a associação atravessa “uma situação financeira estável”, colocando “muitas dúvidas quanto à continuidade das suas atividades, em clima de unanimidade entre os presentes”. “A coletividade não tem qualquer passivo que lhe possa ser exigido, algo que é pouco comum nos tempos que correm”, acrescentou, agradecendo “aos patrocinadores e participantes das atividades que ajudaram a cumprir o orçamento de cerca de 30 mil euros”.

O presidente “lamentou” que, “desde 2011”, a Câmara Municipal da Trofa “não entre com qualquer tipo de ajuda à coletividade”. “O mesmo também não fez falta, é isso que as contas dizem, mas a verdade é que a Trofa ficou sem atividades, que poderiam ter sido realizadas e não foram”, sublinhou.

Para João Pedro Costa “o futuro da coletividade definitivamente não passaria por aquelas instalações”, devido ao “constante aglomerado de águas na reta das Pateiras”, que neste último ano provocaram “duas inundações na sede, deixando-a reduzida a 50 por cento em grande parte do ano”. “Não podemos arriscar a colocar nada com o carácter de permanência no piso inferior, enquanto o problema de raiz não for resolvido nesta zona da Trofa, estando mesmo sujeitos a qualquer momento a ficar novamente submersos e a contabilizar prejuízos”, concluiu.

Durante a assembleia foi ainda aprovado o Relatório final da candidatura ao Programa de Apoio Juvenil 2013.

Continuar a ler...
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

Edição 462

Abertas candidaturas ao Prémio Bial

Publicado

em

Por

 

Prémio monetário, no valor de “340 mil euros”, assinala 30º aniversário da Fundação Bial. Candidaturas abertas até ao dia 31 de outubro.

“Premiar a investigação médica” é um dos principais objetivos do Prémio Bial, que pode ascender aos “340 mil euros”, sendo já considerado como “um dos maiores galardões internacionais na área da saúde”.

A 16ª edição do Prémio Bial, que este ano assinala 30 anos desde a sua primeira edição, ascende a “340 mil euros”, contemplando “a investigação básica e a pesquisa clínica através de duas modalidades: o ‘Grande Prémio Bial de Medicina’ e o ‘Prémio Bial de Medicina Clínica’”.

Luís Portela, presidente da Fundação Bial, relembra que este prémio nasceu para “incentivar a investigação médica e promover a sua divulgação, primeiro em Portugal e, posteriormente, a nível internacional, acompanhando ao longo da sua história a evolução e as tendências da Saúde e da Medicina”. Luís Portela orgulha-se de “promover um dos maiores galardões na área da saúde, capaz de atrair médicos e investigadores de diversos países e de premiar profissionais de referência mundial nas suas áreas de investigação”.

No valor de 200 mil euros, o Grande Prémio Bial de Medicina distingue “trabalhos de índole médica de grande qualidade e relevância científica”. Já o Prémio Bial de Medicina Clínica, no valor de cem mil euros, premeia “um tema livre dirigido à prática clínica”. No regulamento deste concurso está também contemplada a possibilidade de atribuição de menções honrosas, “até quatro trabalhos concorrentes, no valor de dez mil euros cada”. Para além do valor monetário, o Prémio Bial 2014 contempla uma edição exclusiva, com “uma tiragem entre cinco e 15 mil exemplares”, do trabalho vencedor do Prémio Bial de Medicina Clínica e de algumas das obras galardoadas, para divulgação e distribuição gratuita junto dos profissionais de saúde.

Instituído em 1984, o Prémio Bial é atribuído de dois em dois anos e já mobilizou “1315 investigadores, médicos e cientistas, autores de 580 obras candidatas”. Nas 15 edições realizadas, distinguiu “231 autores (91 obras premiadas)” e foram editadas e distribuídas gratuitamente pela classe médica e científica “mais de 30 obras premiadas, num total de mais de 300 mil exemplares”.

Criada em 1994 pelos Laboratórios Bial em conjunto com o Conselho de Reitores das Universidades Portuguesas, a Fundação Bial é uma instituição “sem fins lucrativos”, que tem como missão “a promoção do estudo do Homem, distinguindo-se pelo seu papel incentivador da investigação médica e científica a nível internacional”.  

Publicidade
Continuar a ler...

Edição 462

ADRC Finzes promove Caminhada no Dia da Mulher

Publicado

em

Por

Para assinalar o Dia Internacional da Mulher, a Associação Desportiva Recreativa Cultural de Finzes vai promover uma caminhada no dia 9 de março.

A concentração está marcada para as 9 horas, junto à Academia Municipal da Trofa (Aquaplace) e o percurso terá um grau de dificuldade média/baixa. No fim, haverá uma aula de relaxamento.

É obrigatório o uso de sapatilhas.

As inscrições são gratuitas e podem ser feitas nos locais de divulgação ou através do contacto telefónico 911 025 393. 

Continuar a ler...

Edição Papel

Comer sem sair de casa?

Facebook

Farmácia de serviço

 

arquivo

Neste dia foi notícia...

Ver mais...

Covid-19

Pode ler também

} a || (a = document.getElementsByTagName("head")[0] || document.getElementsByTagName("body")[0]); a.parentNode.insertBefore(c, a); })(document, window);