Foi uma assembleia para cumprir calendário aquela que se realizou na noite de terça feira, dias 26 de junho em Guidões. A união da população foi “exaltada” pelos partidos presentes.

Para Atanagildo Lobo, do PCP foi “pertinente e louvável” a junta ajudar e incentivar as festas em honra de S. João. Desafiou Bernardino Maia a intervir na Assembleia Municipal (AM), para referenciar que as “festas foram feitas com prata da casa, quando se promove a fusão e extinção das freguesias , Guidões mostrou que é uma freguesia com tradição, com gente capaz, com carácter e que consegue fazer e levar a bom porto aquilo a que se propõe, e que é uma freguesia que merece ficar como freguesia.

Bernardino Maia, afirmou que seria melhor outros guidoenses fazerem isso na assembleia municipal, uma vez que segundo ele “não é uma pessoa com o dom da palavra”. Convidou mesmo Atanagildo para que ele fizesse isso na AM, no período do publico, uma vez que reconhece as capacidades de oratória do comunista.

Leia a reportagem completa na edição desta semana d’ O Notícias da Trofa, disponível num  quiosque perto de si ou por PDF

{fcomment}